Gusttavo

Gusttavo Lima: Servidor público de Roraima processa cantor e pede indenização de R$ 48 mil; saiba o motivo

Servidor público afirmou que recebe mensagens e ligações de pessoas desconhecidas cantando a música do sertanejo

Na última semana, um servidor público de Roraima abriu um processo contra Gusttavo Lima, por divulgar seu número de telefone em uma de suas músicas. Segundo o g1, o homem afirmou que não tem mais sossego e já recebeu até mensagens pornográficas no celular. Agora, ele pede que o cantor pague uma indenização de quase R$ 50 mil por danos morais.

A música “Bloqueado” cita a sequência numérica no refrão, sem especificar nenhum DDD. No entanto, o servidor alega que, principalmente de quinta-feira a domingo, não consegue dormir, já que o telefone toca a noite inteira, com pessoas cantando trechos do hit. Ainda, ele explicou que não pode deixar o celular desligado, já que sua mãe tem 92 anos e pode precisar de ajuda a qualquer momento.

“O grande problema é que não posso desligar o telefone à noite e nem deixar ele longe de mim quando vou dormir. Tenho uma mãe com 92 anos que mora em outra casa e que pode me ligar a noite caso precise de médico”, disse.

Na entrevista, o servidor contou que está com o mesmo contato há quase 10 anos e não acha justo precisar trocar agora. “Minha intenção com a ação não é buscar fama, mas apenas uma reparação pelo dano causado. As outras pessoas só conseguem entender o quão ruim isso é se elas passarem pela mesma coisa”, desabafou.

Homem recebe mensagens com referência à música. (Foto: Reprodução)
Homem recebe mensagens com referência à música. (Foto: Reprodução)

Apesar de enfrentar o problema há mais de cinco meses, o homem afirmou que estava com medo de se passar por “aproveitador”: “Não entrei com uma ação antes porque não quero parecer que estou me aproveitando da situação. Já se passaram várias semanas desde o lançamento da música e as mensagens só crescem”. No YouTube, o clipe lançado em novembro passado já tem mais de 159 milhões de visualizações.

Continua depois da Publicidade

A ação corre no 1º Juizado Especial Cível, no Tribunal de Justiça de Roraima. A defesa do servidor alega que o número de telefone foi “inserido indevidamente na música interpretada pelo cantor e que a situação não se trata apenas de um mero aborrecimento“. Enviadas em sua maioria por mulheres, as mensagens ainda teriam causado transtorno entre o homem e a esposa.

“Foi invadida a vida privada dele. Além de ter que atender os telefonemas, responder mensagens e acabar sendo alvo de chacotas, ainda tem que passar pelo constrangimento de explicar para a esposa que aquelas mensagens são devido à música”, diz um trecho do pedido.

Mensagens de cunho sexual também foram recebidas. (Foto: Reprodução)
Mensagens de cunho sexual também foram recebidas. (Foto: Reprodução)

A audiência está marcada para 12 de julho e Gusttavo Lima foi intimado a participar da reunião, que deve acontecer por videoconferência. No pedido, os advogados estipularam a importância de R$ 48.480, mas deixaram nas mãos do juiz “analisar qualquer outro valor conforme o potencial econômico-social do acusado e a gravidade do dano causado“.