Joe Jonas conta que Sophie Turner foi inspiração para reconciliação com irmãos, e Nick Jonas revela medo e sentimento de culpa após rompimento chocante

Os Jonas Brothers estão no topo, tanto na carreira, quanto na vida pessoal; Nick, Joe e Kevin conquistaram o primeiro lugar das paradas de sucesso com seu hit “Sucker”. Além disso, recentemente Nick casou com a atriz indiana Priyanka Chopra, e Joe teve uma cerimônia de casamento divertidíssima em Las Vegas, onde subiu ao altar com Sophie Turner, uma das estrelas de “Game of Thrones”. O trio e suas respectivas esposas são sempre vistos juntos, jantando, indo à peças de teatro, se apresentando… mas, há alguns anos, o cenário era bastante diferente.

“Em algum ponto, a banda se tornou tão disfuncional, que nós não queríamos nem compositores externos. Nós não tínhamos um produtor. Não tínhamos uma gravadora. Nós estávamos tipo: ‘Estamos bem assim’. Sem querer falar de memes, mas nós éramos como o cachorro no meio da casa pegando fogo: ‘Está bom assim'”, relembrou Joe em entrevista à revista Harper’s Bazaar.

(Foto: Reprodução)

Mesmo que a situação para os Jonas Brothers estivesse ruim, o rompimento — sugerido por Nick — foi um choque para Joe e Kevin. “Foi tipo: ‘Você está brincando’. E depois eu pensei: ‘F**a-se isso. E f**am-se vocês. Vou descobrir qual é meu próximo passo, e isso nunca acontecerá de novo”, afirmou Joe. Porém, o astro demorou para superar o término da banda: “Eu não podia sequer tocar uma das nossas músicas no palco com o DNCE… mesmo que fosse para homenagear o passado”. Difícil!

O que fez Joe mudar de ideia e buscar ter um relacionamento saudável com os irmãos? Sua esposa, Sophie — que ele conheceu através de uma mensagem direta no Instagram. “Foi encorajador ver o ótimo relacionamento que ela tem com os irmãos dela. Foi algo realmente grande para mim, ser capaz de olhar e dizer: ‘Preciso resolver a minha vida'”, revelou.

Voltar para os Jonas Brothers, por certo tempo, também parecia algo impossível para Kevin: “Eu nunca achei que fosse acontecer. Tipo, nunca. Quando esse capítulo se encerrou, ele se encerrou. Eu coloquei o livro de volta na prateleira”. 

Nick garante que se sentiu culpado com a repercussão de sua decisão. “Mas eu tinha certeza de que isso era absolutamente preciso”, disse. Assim que discutiu o assunto com Joe e Kevin, ele teve a impressão que os três nunca mais voltariam a se falar. No entanto, com o tempo, ele passou a ver o lado dos irmãos: “Eu poderia ter feito um trabalho melhor ao comunicar o que sentia. Eu tive um mês ou dois para viver com a decisão que tomei, e eles não”.

Após todas as brigas e discórdia, os rapazes ficaram muito felizes que seu retorno como banda está fazendo sucesso. “Eu venho dizendo a toda hora: ‘Fico tão feliz que deu certo. De maneira alguma, nós podemos nos acomodar. Precisamos continuar nos esforçando. Mas isso poderia ter dado muito errado. Estamos gratos que todas as peças se encaixaram”, confessou Nick.