Prêmios MTV Miaw 2019: Pabllo Vittar e Majur falam sobre parceria com Emicida em “AmarElo” e dão pistas sobre performance: “A gente quer levar verdade”

Os bastidores dos ensaios para os Prêmios MTV Miaw estão à todo vapor!!! Nesta terça-feira (2), os artistas se preparam para a gravação do programa, que acontece amanhã, e o clima não poderia estar mais babadeiro! Entre um teste de som e outro, conseguimos conversar com exclusividade com as maravilhosas Pabllo Vittar e Majur, que se apresentarão com o rapper Emicida, para contarem um pouco sobre suas expectativas e o peso de performar uma música tão especial ao vivo.

O trio gravou recentemente a faixa “AmarElo”, canção linda e poderosa que traz um depoimento intenso de um amigo do rapper que tentou suicídio e traz mensagens inspiradoras de força e diversidade. As duas não poderiam ter sido escolhas melhores para a parceria e, por isso, o próprio Emicida fez questão de fazer o convite pessoalmente. “Ele tinha recebido alguns vídeos da minha empresária, mas ele foi assistir a um show mesmo. Aí no final do show ele apareceu e eu fiquei louca! Depois a gente conversou sobre o projeto e eu aceitei“, revelou Majur.

Já Pabllo não poupou elogios para o artista. “Eu sempre fui fã das músicas dele e a gente já tava conversando sobre uma parceria. Podia ser pra cantar um ‘Parabéns pra você’ que eu topava! Aí, eu ouvi a musica e já fiquei encantada e ainda tive a oportunidade de conhecer o trabalho da Majur“, relembrou. Ela ainda comentou sobre a união de uma drag queen e uma cantora não-binária em uma música que fala justamente sobre a diversidade. “Foi uma junção muito importante para os tempos de hoje“, disse.

A cantora baiana, inclusive, soube durante o bate-papo que Pabllo aceitou o convite já sabendo que dividiria os vocais com ela. “Meeeu Deeus!! Quando eu soube que ela tava, pensei ‘É um acontecimento!’. A Pabllo Vittar mais o Emicida e eu no bolo? Foi uma surpresa. Eu amo essa bicha!“, se divertiu.

A gente até tentou, mas os detalhes sobre a apresentação ao vivo foram mantidos a sete chaves. Pabllo Vittar prometeu que eles farão jus à toda carga emocional e a mensagem contida na gravação. “A gente quer levar verdade para as pessoas que estão assistindo. Até mesmo em respeito a toda repercussão que tem tido. Fiquei muito feliz em saber dos relatos que estão aparecendo“, afirmou.

Majur completou ao acrescentar que muitas pessoas enviaram mensagens revelando que estavam pensando em suicídio e a música ajudou eles a repensarem a decisão. “Eu peguei um motorista de aplicativo e ele tava aos prantos falando como foi pra ele ouvir a mensagem da música. O Brasil é um país doente e as pessoas precisavam escutar sobre o assunto“, contou.

No país que tem uma das taxas de suicídio mais expressivas entre jovens LGBTQ+, as duas cantoras falaram sobre reconhecer a responsabilidade de serem figuras inspiradoras com a missão de levar mensagens positivas para os fãs. “Já recebi muita coisa desse tipo [Falando sobre suicídio]. Nós, enquanto artistas queer, temos uma responsabilidade sobre essa juventude que tá aprendendo mais sobre sexualidade, seu corpo e tentar deixar o mais explicado na cabeça delas. Justamente para que eles não passem pelo que a gente já passou“, analisou Pabllo. “O mais importante para um artista é que a mensagem consiga chegar até as pessoas“, completou Majur.

“AmarElo” teve um impacto gigantesco para muitas pessoas e também para os próprios intérpretes. As letras deixaram um forte impacto para as duas artistas, seja profissionalmente ou pessoalmente. “Nós somos LGBTs, então isso fez a gente abraçar a música de primeira. Se isso vai ajudar que menos uma pessoa morra, a gente vai fazer qualquer coisa para ajudar“, contou a baiana. “Quando eu canto ‘permita que eu fale, não as minhas cicatrizes’ representa uma evolução, sabe?! Saindo desse casulo cheio de ódio e falando ‘Eu posso, sim, vencer’“, se emocionou Pabllo.

Maravilhosas, né?! Mal podemos esperar para assistir essas duas juntas com Emicida no palco! Os Prêmios MTV Miaw serão exibidos na quinta-feira (4), às 22h, na emissora. Neste ano, o programa será apresentado por Hugo Gloss e Sabrina Sato. Além desse trio baphônico, a noite ainda contará com diversas apresentações musicais, incluindo um feat entre Anitta e Ludmilla, o duo Anavitória, Vitor Kley, Pocah, Mc Rebecca e Kevin O Chris. Imperdível!