(Foto: Fernando Tomaz)

Saiu! Juliette lança seu primeiro e LINDO videoclipe, “Diferença Mara”; vem assistir!

Só dá ela, Brasil! Na última quinta-feira (2), Juliette Freire oficializou sua estreia na carreira musical ao lançar o EP “Juliette”, que conta com seis canções inéditas e muito maravilhosas! Assim como a dona, o projeto já é um verdadeiro sucesso… Nas primeiras 24h após a estreia, o disco acumulou 5,9 milhões de streams no Spotify! Com isso, a paraibana teve o melhor lançamento da história da plataforma para um artista brasileiro, quebrando recordes de Matuê, Anitta, Luísa Sonza e Pabllo Vittar.

Como se não bastasse, a rainha dos cactos teve a segunda melhor estreia global do Spotify no Brasil, perdendo apenas para Lady Gaga, com “Chromatica”. Não será surpresa se a paraibana também quebrar recordes de visualizações no YouTube, com o clipe de “Diferença Mara”, divulgado nessa segunda-feira (6).

Continua depois da Publicidade

A direção da produção foi comandada por Giovanni Bianco – que já trabalhou com nomes como Madonna, e assinou projetos visuais impecáveis, como os clipes “Bang” e “Girl From Rio”, da nossa poderosa Anitta. O vídeo, que é bastante iluminado, numa vibe solar, mostra pessoas e identidades se entrelaçando, dando sentido às diferenças que nos formam como sociedade. Poético, né?!

Juliette ama a câmera e a câmera ama ela. Isso é uma coisa fantástica. Ela tem uma naturalidade tão linda e verdadeira que é emocionante. Quando você vê uma artista que os olhos brilham e cantam, é orgânico, natural e a verdade vence! A Juliette é a Juliette e ela é única. Deus deu a ela esse talento e ela está sabendo usar da melhor forma. Ela vai chegar muito mais longe do que a gente imagina!“, previu Bianco, que se diz emocionado por dirigir o clipe.

Assista ao videoclipe de “Diferença Mara”:

Lindo, assim como todo o EP! Por trás das faixas do projeto, está um timaço de produtores e compositores, a começar por Umberto Tavares, dono de grandes hits do funk e pop brasileiro como “Show das Poderosas”, “Bang” e “Sim ou Não”, de Anitta. Rafinha RSQ (“Loka”;  “Modo Turbo”, e “Só Tem Eu”) e Shylton Fernandes (“Recairei” e “Morena”) também deram canetadas. Além deles, outros artistas conterrâneos e amigos de Juliette tiveram papel fundamental no trabalho, como Juzé, Dann Costara e Toim do Gado. Sem falar da própria Anitta, que esteve mega envolvida na composição e produção do disco.

As canções, por sua vez, estão em sintonia com a persona de Juliette – unindo amor, dificuldades e prazeres da vida, com a forte presença das raízes da cantora e a cultura nordestina. “A música traduz sentimentos e dá sentido à vida. É a fala da alma. A música é uma forma poética de traduzir essa magia que é o ser humano”, declarou a paraibana. E é exatamente esse sentimento gostoso que a letra de “Diferença Mara” transmite! Confira:

“Diferença Mara”

Quando eu te conheci
Meu pé saiu do chão
Acelerou meu coração
Nosso sorriso é a prova
Que é tão bonita essa soma

Eu sou do Nordeste, ele é do Sul
Prefere rap e eu sou mais Gadú
Ele vem de bicicleta
Eu que nunca fui atleta

Sabe quando o santo bate?
A gente fica até mais tarde
Nunca foi sorte, sempre foi Deus
Meu coração agradeceu

Ah, teu beijo me deixou de cara
A nossa química é rara
Nossa diferеnça é mara

Teu beijo me dеixou de cara
A nossa química é rara
Nossa diferença é mara

Quando eu te conheci
Meu pé saiu do chão
Acelerou meu coração
Nosso sorriso é a prova
Que é tão bonita essa soma

Eu sou do Nordeste, ele é do Sul
Prefere rap e eu sou mais Gadú
Ele vem de bicicleta
Eu que nunca fui atleta

Sabe quando o santo bate?
A gente fica até mais tarde
Nunca foi sorte, sempre foi Deus
Meu coração agradeceu

Ah, teu beijo me deixou de cara
A nossa química é rara
Nossa diferença é mara

Teu beijo me deixou de cara
A nossa química é rara
Nossa diferença é mara