Brits Resumao

BRIT Awards 2021: Dua Lipa é a grande vencedora e ARRASA em performance; Taylor Swift é homenageada, e The Weeknd e Harry Styles também se destacam; confira!

Diretamente das terras da rainha, o “BRIT Awards 2021” aconteceu nesta terça-feira (11), celebrando os grandes sucessos da indústria musical no Reino Unido. Dua Lipa foi a grande vencedora da noite, que contou com uma série de performances incríveis. Taylor Swift também brilhou muito como a primeira mulher homenageada com o troféu de “Ícone Global” na cerimônia.

Dua Lipa saiu na frente com duas vitórias. Além de levar a melhor na categoria “Artista Solo Feminina Britânica”, a diva pop recebeu o prêmio mais importante da noite, de “Álbum Britânico do Ano”, com o hinário “Future Nostalgia”. A merecida estatueta de “Single Britânico” foi dada ao ícone Harry Styles, com seu hit “Watermelon Sugar”. HAIM também foi um dos destaques da noite, após as irmãs vencerem o prêmio de “Grupo Internacional”, desbancando o grupo BTS.

Brits Dua3
Dua Lipa foi a grande vitoriosa do “BRIT Awards 2021”, com duas estatuetas. (Foto: Reprodução/YouTube)

O Little Mix também fez história ao ser o primeiro grupo feminino a vencer a categoria “Melhor Grupo Britânico”. Em seu discurso, as estrelas falaram justamente da importância desse marco. “Não é fácil ser uma mulher na indústria britânica do pop. Nós temos visto muita dominância dos homens brancos, misoginia, sexismo e falta de diversidade. Temos orgulho de como nós resistimos juntas, mantivemos nossa posição, nos cercamos de mulheres fortes e agora estamos usando nossas vozes mais do que nunca”, disse Leigh-Anne Pinnock. “O fato de que uma girl band nunca ter ganhado esse prêmio fala muito. Esse prêmio não é apenas para nós, é para The Spice Girls, Sugababes, All Saints, Girls Aloud – todos os incríveis grupos femininos – essa é para vocês”, concluiu Jade Thirlwall.

Continua depois da Publicidade

The Weeknd foi o vencedor da categoria “Artista Solo Masculino Internacional” e, antes de receber seu prêmio, recebeu um belo discurso de Michelle Obama – que o enalteceu por todo apoio em ajuda humanitária e também por “ajudar a alimentar os desalojados pela violência em lugares como a Etiópia”. O músico recebeu seu prêmio na chuva, diretamente do local em que fez sua performance. “Queria estar aí pra receber o prêmio. Queria dar um alô para os meus fãs britânicos, se não fosse por vocês, eu não estaria aqui hoje. Obrigado, amo vocês. Ao meu povo da Etiópia, que estão sofrendo, você estão em meu coração. Para todos que estão assistindo, por favor ajudem onde puderem. Obrigado”, disse o cantor.

O “BRIT” foi a primeira premiação a contar com uma grande plateia presencial desde o início da pandemia da Covid-19. A celebração aconteceu na tradicional Arena O2, e teve a presença de 4 mil espectadores, que não precisaram usar máscaras e nem manter distanciamento social. Isso porque a cerimônia serviu como um teste para a retomada de eventos de entretenimento no Reino Unido – até junho, o país já terá vacinado toda sua população adulta. Entretanto, vale ressaltar que o público teve de ser testado para tentar manter a segurança entre os presentes.

Continua depois da Publicidade

Taylor Swift é homenageada

O mundo inteiro sabe que ninguém segura Taylor Swift. Além de ser a artista que mais vendeu discos no Reino Unido em 2021, segundo o Official Charts, a loirinha é ainda a única mulher a colocar sete álbuns de estúdio no topo das paradas britânicas neste século. Sem falar no seu impacto e toda sua contribuição para a indústria musical. Não à toa ela foi homenageada com o troféu de “Ícone Global” – tornando-se a primeira mulher a receber a honraria, que já passou pelas mãos dos lendários Elton John, David Bowie e Robbie Williams.

Captura De Tela 2021 05 11 Às 17.59.49
Taylor Swift fez um belo discurso ao ser homenageada pelo “BRIT Awards 2021”. (Foto: Reprodução/YouTube)

Após ser homenageada por astros (e amigos) como Selena Gomez e Ed Sheeran, a estrela ficou muito lisonjeada, agradeceu ao carinho deles e dos fãs, e também agradeceu aos trabalhadores essenciais pelo esforço na pandemia, citando o sistema público de saúde no Reino Unido, o NHS. Em outro momento, ela falou sobre a pressão que já encontrou na indústria musical, dedicando seu discurso aos novos artistas. “Não há carreira que venha sem negatividade. Se você encontrar resistência, isso provavelmente significa que você está fazendo algo novo. Se você está vivendo turbulência ou pressão, isso provavelmente significa que você está crescendo. […] Mas você não pode deixas isso te abalar, porque vivemos em um mundo onde qualquer um tem o direito de falar o que quiser sobre você. Mas, por favor, lembre-se, você tem o direito de provar que eles estão errados”

Apresentações

Para os fãs das boas performances, a cerimônia não deixou a desejar! Um timaço de astros subiu no palco com apresentações suntuosas e uma megaestrutura, unindo VTs e shows ao vivo. Dua Lipa entregou um medley simplesmente IMPECÁVEL com alguns dos maiores hinos de seu último álbum, “Future Nostalgia”. Olivia Rodrigo também fez sua deslumbrante estreia nas premiações, com o hit “Driver’s License” e vocais impecáveis.

Continua depois da Publicidade

Olly Alexander, do Years and Years, e Elton John também se uniram num show de arrepiar com uma nova versão de “It’s a Sin”. O reizinho e patrão, The Weeknd, também provou que quem está na chuva é para se molhar! O astro trouxe muito conceito para sua apresentação linda de “Save Your Tears”, com direito a banho de chuva e uma nova estética, após meses do visual “After Hours”.

Assista às performances abaixo:

Coldplay – Higher Power

Dua Lipa – Physical, Love Again, Pretty Please, Hallucinate e Don’t Start Now

Olivia Rodrigo – Driver’s License

Arlo Parks – Hope

Olly Alexander e Elton John – It’s a Sin

The Weeknd – Save Your Tears

Griff – Black Hole

Headie One, AJ Tracey e Young T & Bugsey – Know Better, Ain’t it Different, Princess Cuts

Rag’n’Bone Man e P!nk – Anywhere Away From Here

Confira a lista dos vencedores na íntegra:

Artista Solo Masculino Britânico

AJ Tracey
Headie One
J Hus – VENCEU
Joel Corry
Yungblud

Artista Solo Feminina Britânica

Arlo Parks
Celeste
Dua Lipa – VENCEU
Jessie Ware
Lianne La Havas

Continua depois da Publicidade

Single Britânico

220 Kid & Gracey – ‘Don’t Need Love’
Aitch & AJ Tracey ft Tae Keith – ‘Rain’
Dua Lipa – ‘Physical’
Harry Styles – ‘Watermelon Sugar’ – VENCEU
Headie One ft AJ Tracey & Stormzy – ‘Ain’t It Different’
Joel Corry ft MNEK – ‘Head & Heart’
Nathan Dawe ft KSI – ‘Lighter’
Regard & Raye – ‘Secrets’
Simba ft DTG – ‘Rover’
Young T & Bugsey ft Headie One – ‘Don’t Rush’

Grupo Britânico

Bicep
Biffy Clyro
Little Mix – VENCEU
The 1975
Young T & Bugsey

Continua depois da Publicidade

Artista Revelação

Arlo Parks – VENCEU
Bicep
Celeste
Joel Corry
Young T & Bugsey

Grupo Internacional

BTS
Fontaines D.C.
Foo Fighters
Haim – VENCEU
Run The Jewels

Artista Solo Feminina Internacional

Ariana Grande
Billie Eilish – VENCEU
Cardi B
Miley Cyrus
Taylor Swift

Continua depois da Publicidade

Artista Solo Masculino Internacional

Bruce Springsteen
Burna Boy
Childish Gambino
Tame Impala
The Weeknd – VENCEU

Álbum Britânico do Ano

Arlo Parks – ‘Collapsed In Sunbeams’
Celeste – ‘Not Your Muse’
Dua Lipa – ‘Future Nostalgia’ – VENCEU
J Hus – ‘Big Conspiracy’
Jessie Ware – ‘What’s Your Pleasure’