Fotojet (25)

BRIT Awards 2021: Uau! Rag’n’Bone Man e P!nk fazem performance emocionante da parceria “Anywhere Away From Here”; assista!

Gigantes! Nesta terça-feira (11), o BRIT Awards 2021 está celebrando os maiores destaques da música do último ano na terra da rainha Elizabeth II. Como não poderia deixar de ser, a cerimônia reuniu uma lista de grandes performances musicais, incluindo o dueto lindo de “Anywhere Away From Here”, collab do britânico Rag’n’Bone Man e a norte-americana P!nk.

A premiação foi a primeira no mundo a conseguir reunir uma grande plateia e quase todos os artistas presencialmente, após a pandemia do coronavírus, que já está mais controlada no Reino Unido graças à vacinação. Com isso, Rag’n’Bone Man construiu um palco belíssimo, acompanhado da sua banda e plantas que faziam lembrar uma espécie de plantação. A cantora P!nk gravou sua performance previamente, que foi exibida em um telão gigante. No ponto alto da canção, os dois artistas ainda dividiram os vocais com um coral gospel que emocionou todo mundo.

No início de abril, Rag’n’Bone Man e P!nk mostraram o resultado da parceria musical, que faz parte do novo disco do britânico, “Life By Misadventure”, lançado neste mês. “Essa música é um reflexo honesto de querer desaparecer de situações desconfortáveis – sobre as vulnerabilidades que todos nós enfrentamos”, definiu o artista para o NME. A cantora também celebrou a gravação com o amigo, uma vontade que existe desde que eles se conheceram, em 2017. “Naquela época, eu já havia me apaixonado pela voz dele e, quando nos conhecemos pessoalmente, descobri rapidamente que ele também tem uma alma linda. Desde então, eu sabia que queria trabalhar com ele um dia”, revelou.

Com o calendário de vacinação contra o coronavírus acelerado nos EUA, P!nk tem aproveitado para retomar seus projetos profissionais. Após divulgar a música “Cover Me In Sunshine”, gravada com sua filha Willow Sage Hart, de apenas 9 anos, a estrela lançou na semana passada a faixa “All I Know So Far”, que tem uma composição mais profunda.

Continua depois da Publicidade

No trabalho, a artista abre o coração sobre o período delicado que enfrentou após contrair a Covid-19 e achar que iria morrer. “Eu precisava compor uma música que meio que aborda minha vida inteira […] Eu liguei para os compositores e perguntei: ‘Vocês escreveriam uma música sobre minha vida?’. Foi muito difícil de fazer, mas acho que conseguimos. E é tipo uma carta para minha filha”, explicou em entrevista para a rádio britânica Heart. A letra leva a assinatura de Pasek e Paul.