Grammy Latino 2020: Em cerimônia brasileira, Emicida vence com “AmarElo” e faz linda performance, e Melim apresenta medley de hits — assista e confira os vencedores!

Noite de muita festa na música! Nesta quinta-feira (19), acontece a edição 2020 do “Grammy Latino”. A premiação – que é a mais importante do ramo musical – celebra as produções latino-americanas que se destacaram nos últimos meses. Mas antes da cerimônia oficial, uma première voltada ao público do Brasil, comandada pela modelo Lais Oliveira, já antecipou alguns vencedores nacionais e contou com apresentações incríveis.

Um dos grandes destaques entre as categorias de Língua Portuguesa foi Emicida. Com seu hinário “AmarElo”, ele levou a melhor no prêmio de “Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa”. Paula Fernandes também deu o nome e levou a estatueta de “Melhor Álbum de Música Sertaneja”, por seu trabalho em “Origens (Ao Vivo em Sete Lagoas, Brasil/2019)”. “Uma das maiores emoções que já senti e ainda tô meio trêmula, mas é o resultado de muito trabalho em conjunto, investindo muita energia, não só nas canções, mas no momento que a gente tá passando. Poxa, sou mulher, estou aí levantando essa bandeira há tanto tempo, sem perder minha essência, que é o mais importante”, disse Paula sobre a vitória ao hugogloss.com.

Emicida celebrou muito a vitória de “AmarElo” no Grammy Latino como “Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa”. (Foto: Reprodução/Facebook)

Continua depois da Publicidade

Emicida ainda brilhou por seu talento durante a première. O artista abriu os trabalhos do evento e foi o primeiro a se apresentar, unindo-se ao cantor e compositor Marcos Valle para uma tocante performance de “Pequenas Alegrias da Vida Adulta”. A dupla entregou uma linda versão da música no piano, enquanto Emicida declamava os versos sensíveis da canção. Impecável! Assista à apresentação abaixo:

Diretamente do topo de um prédio em São Paulo, Melim fez uma performance com hits de seu álbum “Eu Feat. Você” – indicado ao prêmio de “Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa”. O trio levou suas doces vozes para a cerimônia com um medley de “Eu Feat. Você” e “Gelo”. Esses irmãos nunca decepcionam! Confira:

Continua depois da Publicidade

Veja abaixo a lista de vencedores nas categorias de Língua Portuguesa:

Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa
N – Anavitória
Enquanto Estamos Distantes – As Bahias e a Cozinha Mineira
Apká! – Céu – VENCEU
Guaia – Marcelo Jeneci
Eu Feat. Você – Melim

Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa
Amarelo – Emicida – VENCEU
Little Electric Chicken Heart – Ana Frango Elétrico
Letrux aos Prantos – Letrux
Universo do Canto Falado – Rapadura
Na Mão As Flores – Suricato

Melhor Álbum de Samba/Pagode
Mangueira – A Menina dos Meus Olhos – Maria Bethânia
Martinho 8.0 – Bandeira da Fé: Um Concerto Pop-Clássico (Ao Vivo) – Martinho da Vila
Samba Jazz de Raiz, Cláudio Jorge 70 – Cláudio Jorge – VENCEU
Fazenda Samba – Moacyr Luz e Samba do Trabalhador
Mais Feliz – Zeca Pagodinho

Melhor Álbum de Música Popular Brasileira
O Amor no Caos Volume 2 – Zeca Baleiro
Belo Horizonte – Toninho Horta & Orquestra Fantasma – VENCEU
Bloco na Rua (Deluxe) – Ney Matogrosso
Planeta Fome – Elza Soares
Caetano Veloso & Ivan Sacerdote – Caetano Veloso & Ivan Sacerdote

Melhor Álbum de Música Sertaneja
#IssoÉChurrasco (Ao Vivo) [Deluxe] – Fernando & Sorocaba
Origens (Ao Vivo em Sete Lagoas, Brasil/2019) – Paula Fernandes – VENCEU
Livre – Vol. 1 – Lauana Prado
Churrasco do Teló Vol. 2 – Michel Teló
Por Mais Beijos ao Vivo (Ao Vivo) – Zé Neto & Cristiano

Continua depois da Publicidade

Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa
Veia Nordestina – Mariana Aydar – VENCEU
Aqui Está-se Sossegado – Camané & Mário Laginha
Acaso Casa ao Vivo – Mariene de Castro e Almério
Targino sem Limites – Targino Gondim
Obatalá: Uma Homenagem a Mãe Carmen – Grupo Ofa
Autêntica – Margareth Menezes

Melhor Canção em Língua Portuguesa
“A Tal Canção Pra Lua (Microfonado)” — Vitor Kley, compositor (Vitor Kley & Samuel Rosa)
“Abricó-De-Macaco” — Francisco Bosco & João Bosco, compositores (João Bosco) – VENCEU
“Amarelo (Sample: Sujeito de Sorte – Belchior)” — Dj Duh, Emicida & Felipe Vassão, compositores (Emicida com Majur & Pabllo Vittar)
“Libertação” — Russo Passapusso, compositor (Elza Soares & BaianaSystem con Virgínia Rodrigues)
“Pardo” — Caetano Veloso, compositor (Céu)

Vale lembrar que a cerimônia principal do “Grammy Latino 2020” acontece ainda nesta quinta-feira, contando com performances da nossa querida Anitta, J Balvin, Bad Bunny, Marc Anthony, Ricky Martin e Carla Morrison, Sebastián Yatra, Camilo, Lupita Infante, Prince Royce e Juanes, que prestará homenagem ao ícone da MPB, Roberto Carlos. Imperdível! Para saber todos os detalhes do que vai rolar, clique aqui.