Smith E Rock

Irmão de Chris Rock desmente rapper sobre relação de humorista com Will Smith; academia endurece o tom e dá pista de consequência

Tony Rock, também comediante, se mostrou irritado com a atitude de Will

Essa história ainda está longe de acabar… Depois do tapão dado por Will Smith no rosto de Chris Rock, no meio do Oscar 2022, o irmão do comediante resolveu responder algumas perguntas sobre o ocorrido. Em seu Twitter, Tony Rock negou que Will e Chris tenham se resolvido e disse estar esperando um pedido de desculpas pessoal do ator. Além disso, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas voltou a se pronunciar a respeito do caso, de forma mais dura.

O próprio Chris segue em silêncio sobre a agressão que sofreu, mas seu irmão não foi pelo mesmo caminho. Nesta terça-feira, Tony interagiu com os seguidores e opinou sobre o Oscar. “Considerando que você trabalhou com os Smiths por alguns anos em ‘Elas e Eu’ e o Will nunca fez nada do tipo em décadas de vida pública, se ele conversar diretamente com a família Rock e com o Chris, você está aberto?“, questionou uma pessoa. “Esperando“, respondeu ele. Tony fez parte do elenco de “Elas e Eu”, série de 2003 criada por Will e Jada Pinkett-Smith.

Em seguida, ele desmentiu uma informação dada por Sean “Diddy” Combs ao Page Six. O rapper havia dito que Chris e Will teriam feito as pazes logo após a cerimônia de domingo (27). “Isso não é um problema. Já acabou, eu posso confirmar isso. É tudo amor. Eles são irmãos“, afirmou o músico na ocasião.

Continua depois da Publicidade

Então Diddy estava mentindo quando disse que os dois fizeram as pazes e estão de bem?“, perguntou uma internauta. “Sim“, esclareceu Tony. O irmão de Chris também disse não ter aprovado o pedido de desculpas publicado por Will na segunda-feira (28), nas redes sociais. Entretanto, ele confirmou que “todo mundo está bem“.

Continua depois da Publicidade

Academia se manifesta

Na segunda (28), a Academia já havia dito que “não tolera violência de nenhuma forma“. Algumas horas depois, a instituição subiu o tom, e avisou que o caso seria apurado e punido de acordo com as regras do Oscar. Nesta quarta-feira (30), a organização voltou a falar sobre a história. Segundo a Academia, o processo pra decidir o que será feito “vai levar algumas semanas“. A instituição ainda se referiu a Smith como “um indicado ao Oscar”, mesmo ele tendo vencido a estatueta de “Melhor Ator”. Seria esta uma pista do que está por vir?!

Leia na íntegra:

Queridos membros,

A transmissão do 94º Oscar no domingo deveria ter sido uma celebração dos muitos indivíduos em nossa comunidade que fizeram um trabalho incrível no ano passado. Estamos chateados e indignados que esses momentos foram ofuscados pelo comportamento inaceitável e prejudicial no palco por um indicado. Para ser claro, condenamos as ações do Sr. Smith que ocorreram na noite de domingo.

Conforme descrito em nosso estatuto, o Conselho de Governadores da Academia agora tomará uma decisão sobre as medidas apropriadas para o Sr. Smith. Conforme regido pela lei da Califórnia, em relação a membros de organizações sem fins lucrativos como a Academia, e estabelecido em nossos Padrões de Conduta, isso deve seguir um processo oficial que levará algumas semanas.

Continuaremos a atualizá-los sobre quaisquer desenvolvimentos, mas também pedimos que vocês respeitem seu Conselho, a equipe da Academia e o processo a medida que ele se desenrola, para que possa funcionar da maneira planejada e ordenada. Por favor, confie que o Conselho de Governadores conduzirá este processo de maneira conveniente e respeitosa com todos os envolvidos, mantendo os padrões da Academia.