Fotojet (2)

Prêmio Multishow 2021: Marina Sena é a grande vencedora, e homenagens emocionantes para Paulo Gustavo e Marília Mendonça marcam a noite – confira tudo o que rolou!

Uma noite de muitas saudades e música boa! Nesta quarta-feira (8), o Multishow realizou a 28ª edição do prêmio que leva o nome do canal, celebrando os principais destaques da indústria musical no último ano. A cerimônia comandada por Iza e Tata Werneck, que voltou a ser presencial neste ano, também ficou marcada por três grandes – e emocionantes – homenagens para Marília Mendonça, Cássia Eller e Paulo Gustavo. O evento também coroou Marina Sena como a principal vencedora, levando para casa 3 troféus.

A mineira era uma das líderes de indicações, aparecendo nas categorias “Canção do Ano”, “Capa do Ano”, “Revelação do Ano” e “Experimente”. Ela venceu as três últimas. “Eu não tô acreditando! Que coisa linda ver tudo que aconteceu comigo, de onde saí, fazendo acontecer… Tô tremendo sem saber o que falar. É muito pra mim, minha região, minha família. Eu sou revelação este ano, mas estou há muito tempo trabalhando. Que coisa, linda! Muito obrigada”, disse. Ao receber o prêmio “Experimente”, ela ainda dedicou para sua cidade, Taiobeiras, no norte de Minas. “Eles fizeram campanha, votaram mesmo mesmo!”, revelou.

Continua depois da Publicidade

A dupla Israel & Rodolffo e Anitta também se destacaram, cada um deles vencendo em duas nomeações. A poderosa, inclusive, levou o troféu de “Clipe TVZ” pelo segundo ano consecutivo com o vídeo de “Girl From Rio”. “Eu amo esse clipe! Já tem um tempinho que a gente tá ganhando [o prêmio de] ‘Melhor Clipe’. Vocês sabem que isso é a coisa que eu mais amo fazer, que eu mais me dedico, adoro e invisto na minha carreira. Que bom ver que vocês reconhecem e amam do mesmo jeito que eu”, disse a carioca no vídeo gravado para ser exibido no evento.

A emoção começou a tomar conta da noite com a homenagem linda feita para Cássia Eller. Em novembro, sua morte completou 20 anos. O filho da artista, Chico Chico, arrepiou o público com “Mãe”, faixa de sua autoria, que dedicou para Maria Eugênia, viúva de Cássia. “Só queria dizer que é uma honra estar aqui. É uma homenagem pra minha mãe que tá ali, e também uma forma de homenagear minha mãe Cássia. E aproveitando esse ensejo de falar dessas duas mulheres, que muito se amaram e lutaram, não posso deixar de falar… Fora Bolsonaro!”, disparou o músico. Em seguida, Lan Lanh e Nando Reis entraram no palco para apresentar “O Segundo Sol” e “All Star”.

Ainda no mês passado, Anitta, Ivete Sangalo, Iza e Luísa Sonza decidiram que não poderia existir outra pessoa para vencer a categoria “Cantora do Ano” que não fosse Marília Mendonça. “Ela foi uma artista que nos ajudou a passar por muitos momentos. Sabia que sofrer fazia parte da vida. Fazia questão de dizer que estava ali com a gente e que tudo iria passar. Porém, essa mesma pessoa não nos preparou para vê-la partir”, disse Iza, tomada pela emoção.

Continua depois da Publicidade

Ao lado de Ivete Sangalo e Luísa Sonza, a apresentadora da cerimônia deu início a um medley acústico dos hinos de Marília Mendonça, “Como Faz com Ela”, “De Quem é a Culpa”, “Eu Sei de Cor” e “Todo Mundo Vai Sofrer”. No final, Ruth Moreira, João Gustavo e Wander Oliveira, mãe, irmão e empresário da sertaneja, respectivamente, subiram no palco para receber o troféu da categoria.

“Primeiramente, gostaria de agradecer a Deus, porque é motivo de muita honra estar aqui representando minha filha. Agradecer o carinho de todos vocês, do Brasil e do mundo. Seguimos fortes porque podemos compartilhar essa dor com vocês. Quero dedicar o prêmio ao rebanho de fãs que ela sempre amou, e que a gente ama”, declarou Ruth. “Marília queria ver todo mundo feliz, todos que estão aqui hoje puderam dividir alguma experiência, algum ensinamento. Quero que guardem sempre o que a Marília passou pra vocês”, finalizou Gustavo.

Paulo Gustavo também foi outro nome homenageado na noite. Um dos maiores artistas da história do país e principal estrela do canal, ele era figurinha carimbada no Prêmio Multishow. Ao falar do amigo, Tata Werneck mal conseguiu conter as lágrimas. “Tivemos a honra de compartilhar, de celebrar a presença ilustre de Paulo Gustavo neste palco. Ele é a pessoa mais engraçada que já conheci nessa vida. O amor, o humor e a música dele e da Marília Mendonça quebraram muitos paradigmas. Ele mostrou que poderia ser a mãe mais engraçada do mundo, e ao mesmo tempo o pai mais dedicado e amoroso. A Marília conseguiu ser a mulher mais ouvida mesmo num gênero predominantemente masculino. Falava de mulher pra mulher, de dor, mas sem jamais desistir do amor”, refletiu a apresentadora.

“Eu e Paulo Gustavo começamos uma amizade como se fôssemos íntimos há muito tempo. Essa amizade já dura 11 anos. Ele se tornou uma grande inspiração pra mim. Ele não permitia ver um talento que não fosse reconhecido. Ele era uma luz tão potente, tão generosa, que iluminava o outro com a própria luz. Era um farol que apontava para o futuro! Um futuro onde ele queria que toda forma de amor fosse respeitada, que a arte fosse valorizada e vista com dignidade. Onde humor era uma forma de cura. Eu sinto muita falta do Paulo, e ela só não é maior do que o presente que foi ter a presença dele em nossas vidas”, disse Werneck, com a voz embargada.

Continua depois da Publicidade

Cacau Protásio, Samantha Schmutz e Catarina Abdalla também subiram no palco para falar de PG. “Paulo Gustavo era magnético! Sabe aquela pessoa que é bom de tá perto, de ficar olhando? Eu não sei dizer. Ele tem um encanto, uma essência, carisma. Ele derrubou bilheteria. Teatro pra ele era pequeno, tinha que ser estádio!”, lembrou Cacau. “Você pega essa pessoa e coloca uma dose gigante de talento. Fazia a gente chorar de rir com o olhar, jeito de corpo, quando abria a boca era melhor ainda. E ele não parava quieto mesmo! Talento raro e referência para muitas gerações”, continuou a intérprete de Dona Jô no “Vai que Cola”.

Samantha Schmutz também teve dificuldade para controlar a emoção ao falar do amigo. “Talento raro e referência para muitas gerações. Poderiam ter deixado ele na zona de conforto, mas ele preferiu usar tudo isso para nos fazer chorar de rir e de emoção. Gênio, único! Uma saudade muito grande na minha vida. Não só minha, mas de todos nós”, discursou. Diretamente de Nova Iorque, Marcus Majella se vestiu como Beyoncé – grande ídola de Paulo Gustavo – e também deu seu recado. “Minhas memórias são sempre de estar com ele gargalhando. Ele fazia a gente rir, mas a risada dele era uma das coisas mais gostosas do mundo. Isso vou levar comigo pra sempre!”, garantiu.

Além de exibir vários momentos marcantes do artista no Multishow, o prêmio colocou Iza e Mariah Nala para cantar “Gostava Tanto de Você”, hino de Tim Maia. No final da apresentação, Thales Bretas, marido de Paulo Gustavo, agradeceu o carinho de todos. “O nosso sonho é encontrar alguém que nos faça feliz. O que nós dois fizemos na vida de nós dois, essa transformação pelo amor, ele também fez na vida de muitos. Falando sobre respeito, aceitação. Ele sempre dizia: ‘Eu faço política com a minha arte, com o meu trabalho’. E foi colocando muita gente pra rir que ele fez com que muitos pais aceitassem seus filhos. O casamento de Juliano é o ápice da maior bilheteria do cinema nacional. Dona Hermínia disse pro Juliano: ‘O que você fez aqui vai inspirar muita gente’. E eu digo: o que você faz continua inspirando muita gente. Obrigado, meu amor. Você está em nossos corações”, declarou ele.

Continua depois da Publicidade

Solta o som!

O Multishow não economizou na lista de performances neste ano. Ainda no pré-show, o agito começou com uma apresentação digna da realeza… Nossa eterna rainha Xuxa pousou com sua nave do lado de fora da premiação e começou a cantar o hino “Arco-Íris”, com toda a nostalgia que o momento pedia – teve look futurista! Na sequência, Majur uniu forças com a apresentadora para cantar “Lua de Cristal”. Posteriormente, a baiana voltou para o “esquenta” da cerimônia com um medley de “Flua”, “Última Dança” e “Divino e Maravilhoso”.

Como não poderia faltar, o sertanejo também marcou presença no red carpet. A dupla Israel & Rodolffo cantou o smash hit “Batom de Cereja”, que foi indicada nas categorias “Música do Ano” e “Hit do Ano”. Tierry também embalou a chegada dos convidados com a canção “Cabeça Branca”.

A 28ª edição da premiação começou com um dos nomes mais promissores da música neste ano: Marina Sena! A mineira utilizou várias projeções nos telões com cenários de uma cidade vazia para cantar a faixa “Por Supuesto”. Para manter a vibe nas alturas, Ivete Sangalo e Carlinhos Brown performaram o feat “Mexe a Cabeça”. Assim como no clipe da parceria, os dois dançaram muito junto com os bailarinos e trouxeram para o palco um cenário inspirado nas savanas africanas. Bem “Rei Leão”, sabe?!

Assim como grande parte das performances, a dupla Os Barões da Pisadinha trouxe uma vibe futurista para o palco, com um cenário cheio de efeitos de luz. O público de casa ainda podia conferir outros vários designs especiais, desenhados para acompanhar o tema da noite, que pretendia fazer o telespectador viajar para um mundo fictício da música utilizando realidade virtual. O setlist do show dos reis do piseiro incluiu “Recairei” e “Zero Saudade”.

Continua depois da Publicidade

E os fãs de uma boa dancinha viral ficaram muito bem servidos no ato comandado por Jojo Todynho, Gabily e MC Bianca. As poderosas se jogaram na coreografia para cantar as músicas “Devo Tá Na Moda”, “Bilhete Premiado” e “Tudo no Sigilo”, respectivamente. MC Carol também subiu no palco e arrasou com “Levanta Mina”. A roda de samba ficou garantida com Ferrugem, Marvvila, Menos é Mais e Xande de Pilares e o medley de “Abre Alas”, de Ivan Lins, “Ainda É Tempo Pra Ser Feliz”, de Arlindo Cruz, “Tá Escrito”, do Revelação, e “A Amizade”, do Fundo de Quintal.

Iza também teve um momento para enaltecer seu próprio trabalho. Com um time de bailarinos para deixar qualquer um boquiaberto, a estrela fez um medley arrasador de “Gueto” e “Sem Filtro”. Inclusive, não faltou sensualidade para a apresentação desta segunda música. Perfeita! Ainda no time de divas da noite, Juliette fez sua estreia na premiação com toda a pompa e circunstância. Além de ter o palco principal inteiro para si, a artista se jogou na dança com o balé enquanto cantava “Vixe, Que Gostoso!”.

Duda Beat apresentou uma verdadeira obra-prima teatral no palco. O show teve início com o hino “Bixinho” numa pegada quase que sombria. Em seguida, a cantora apareceu numa espécie de floresta encantada, cercada por bailarinos que davam a impressão de serem insetos exóticos. A artista fez um medley impecável de “Meu Pisêro”, “Nem Um Pouquinho” e “Tu e Eu”.

Uma das atrações mais aguardadas da noite, Luísa Sonza fez uma performance à altura da diva pop que se tornou no país. Além de cantar “Interesseira”, “VIP”, “Modo Turbo”e “Mulher do Ano”, sucessos já consolidados do álbum “Doce 22”, ela fez a primeira performance ao vivo de “Anaconda”, seu feat com Mariah Angeliq que estreou ainda hoje. Já o rapper Emicida roteirizou e dirigiu sua apresentação para “Pequena Memória Para Um Tempo Sem Memória”, de Gonzaguinha, e “Paisagem”. Dennis DJ fechou a noite com uma sequência de hits da sua carreira.

Continua depois da Publicidade

Confira a lista completa de vencedores:

Cantora do Ano
Marília Mendonça – *VENCEU

Cantor do Ano
Dilsinho
Emicida
Ferrugem
Gusttavo Lima
Luan Santana *VENCEU

Música do Ano
“Batom de Cereja” – Israel & Rodolffo
“Girl From Rio” – Anitta *VENCEU
“Morena” – Luan Santana
“Calma” – Marisa Monte
“Gueto” – IZA

Hit do Ano
“Batom de Cereja” – Israel & Rodolffo *VENCEU
“Baby Me Atende” – Matheus Fernandes e Dilsinho
“Deixa de Onda” – Dennis, Ludmilla e Xamã
“Meu Pedaço de Pecado” – João Gomes
“Tipo Gin” – Kevin, O Chris

Continua depois da Publicidade

Grupo do Ano
Gilsons
Grupo Menos É Mais
Lagum *VENCEU
Os Barões da Pisadinha
Sorriso Maroto

Dupla do Ano
Anavitória
Henrique & Juliano
Israel & Rodolffo *VENCEU
Jorge e Mateus
Zé Neto e Cristiano

Experimente
João Gomes
L7nnon
Marina Sena *VENCEU
Matheus Fernandes
Zé Vaqueiro

Performance do Ano
Anitta
Gusttavo Lima
Ivete Sangalo *VENCEU
Luísa Sonza
Pabllo Vittar

Clipe TVZ do Ano
Luan Santana – “Morena”
Anitta – “Girl From Rio” *VENCEU
Pedro Sampaio feat Luísa Sonza – “Atenção”
Ludmilla – “Rainha da Favela”
Luísa Sonza, Pabllo Vittar, Anitta – “Modo Turbo”

Continua depois da Publicidade

CATEGORIAS SUPERJÚRI
(Vencedores decididos pelo debate feito entre 11 jurados: Ana Morena, Barbara Portela, Carol Morena, Chico Dub, GG Albuquerque, Kassin, Marcelo Castello Branco, Michelly Mury, Perola Mathias, Rafael Rocha e Samir Duarte)

Revelação do Ano
Jadsa
João Gomes
Marina Sena *VENCEU

Canção do Ano
Crash – Juçara Marçal *VENCEU
Me Toca – Marina Sena
Sonho da Lay – Tuyo part. Luccas Carlos

Álbum do Ano
De primeira – Marina Sena
Delta Estácio Blues – Juçara Marçal *VENCEU
Olho de Vidro – Jadsa

Clipe do ano

“Nem Um Pouquinho” – Duda Beat e Trevo *VENCEU

Produtor do ano

Kiko Dinucci *VENCEU

Capa do ano

“De Primeira” – Marina Sena *VENCEU

Gravação do ano

“Batidão Tropical” – Pabllo Vittar *VENCEU