Taylor Swift é a celebridade mais bem paga do mundo em 2019, segundo a Forbes; Kardashians e Neymar também estão na lista

Taylor Swift está muito bem, obrigada. Segundo a Forbes, ela é a celebridade mais bem paga do mundo em 2019, com uma renda de 185 milhões de dólares, cerca de 700 milhões de reais. Uma quantia beeem basiquinha, né?

Kylie Jenner está em segundo lugar, com uma arrecadação de 170 milhões de dólares. Em ordem, ainda temos Kanye West (US$ 150 milhões); Lionel Messi (US$ 127 milhões); Ed Sheeran (US$ 110 milhões); Cristiano Ronaldo (US$ 109 milhões) e Neymar, o único brasileiro a entrar na lista, com uma renda de 105 milhões de dólares.

Junto à sua poderosa família, Kim Kardashian ocupa a 26ª posição, com US$ 72 milhões. Ela está atrás de Drake, com US$ 75 milhões. Beyoncé e Jay-Z dividem a vigésima colocação da lista, com 81 milhões de dólares cada um.

Rihanna (36º com US$ 62 M), Katy Perry (41º com US$ 57,5 M), Ariana Grande (62º com US$ 48 M), Lady Gaga (90º com US$ 39,5 M) e Shawn Mendes (98º com US$ 38 M) também fazem parte das 100 celebridades mais bem pagas deste ano. Confira as 20 primeiras posições:

Top 20 da lista

1- Taylor Swift ($185 M)
2- Kylie Jenner ($170 M)
3- Kanye West ($150 M)
4- Lionel Messi ($127 M)
5- Ed Sheeran ($110 M)
6- Cristiano Ronaldo ($109 M)
7- Neymar ($105 M)
8- The Eagles ($100 M)
9- Dr. Phil McGraw ($95 M)
10- Canelo Alvarez ($94 M)
11- Roger Federer ($93.4 M)
12- Howard Stern ($93 M)
13- J.K. Rowling ($92 M)
14- Russell Wilson ($89.5 M)
15- Dwayne Johnson ($89.4 M)
16- Aaron Rodgers ($89.3 M)
17- LeBron James ($89 M)
18- Rush Limbaugh ($87 M)
19- Elton John ($84 M)
20- Jay-Z ($81 M)
20- Beyoncé Knowles ($81 M)

Entenda a liderança de Taylor

De acordo com a revista, esse é o maior rendimento total de Taylor durante toda sua vida e ele cresceu 131% em um ano, após ela ter arrecado “apenas” 80 milhões de dólares em 2018.

A cantora já havia estado no topo da lista antes, em 2016, com 170 milhões de dólares, devido principalmente à “The 1989 World Tour” e foi justamente  uma nova turnê que teve um papel crucial para ela voltar à primeira posição de arrecadação este ano.

A “Reputation Stadium Tour”, que aconteceu de maio a novembro do ano passado, superou sua antiga turnê e virou a mais lucrativa da história dos Estados Unidos, juntando 266,1 milhões de dólares apenas no país, de acordo com a Billboard Boxscore. No mundo, com outros seis países em quatro continentes, o número chegou a 345 milhões de dólares. Isso é que é poder!

Taylor Swift em show da “Reputation Stadium Tour” em 2018 (Foto: Getty)

Na véspera do ano novo, os shows da turnê foram parar na Netflix. O acordo com a gigante do streaming, mais os contratos que a diva tem com a Apple, AT&T e a Coca-Cola Diet adicionaram mais alguns milhões ao bolso dela.

Ao deixar a Big Machine Records e se juntar à Republic Records, da Universal Music, Taylor teria conseguido um acordo extremamente vantajoso, avaliado em cerca de 200 milhões de dólares, segundo especialistas da Forbes.

Essa mudança, inclusive, deu o que falar recentemente, após o dono da antiga gravadora da cantora vender a empresa para Scooter Braun, empresário de Justin Bieber e Ariana Grande, que já teve problemas com a loira no passado.

Após descobrir que seu “legado musical estava prestes a cair nas mãos de alguém que tentou destruí-lo”, Taylor fez um longo desabafo em seu Tumblr discordando da decisão de seu antigo parceiro de trabalho e amigo, Scott Borchetta, que, segundo a diva, não teria dado a ela uma oportunidade justa de ser 100% dona das suas próprias músicas.

Celebridades como Cara Delevingne, Halsey, Camila Cabello, Shawn Mendes e Iggy Azalea apoiaram a cantora, enquanto Justin Bieber e Demi Lovato defenderam Scooter Braun. Em sua resposta, o presidente da Big Machine contestou o texto de Tay e disse que ela “teve todas as chances do mundo de ser dona não apenas de suas gravações mestres como também todo vídeo, fotografia e tudo mais associado a sua carreira. Ela escolheu sair.”

A polêmica, entretanto, parece não ter afetado a voz de “ME!” que começa a era Lover com bastante dinheiro no bolso. O sétimo álbum de estúdio de Tay será lançado no dia 23 de agosto.