A Fazenda 11: Após eliminação, Rodrigo Phavanello, ex-Dominó, se choca com morte de Gugu: “Parece que eu estou num pesadelo”; assista

O confinamento chegou ao fim para Sabrina Paiva e Rodrigo Phavanello em “A Fazenda 11”. Após a dupla eliminação nesta segunda (09), os ex-peões passaram pela tradicional “Cabine de Descompressão”. Phavanello, que fez parte do grupo Dominó, se surpreendeu muito ao saber da morte de Gugu Liberato, enquanto abordavam temas polêmicos do reality, como o caso de racismo com a Miss e o assédio de Phellipe Haagensen.

Pouco depois da definição da final do reality, que terá Hariany Almeida, Lucas Viana e Diego Grossi na disputa, os eliminados tiveram uma conversa intensa com Marcos Mion, abordando a triste perda de Gugu, como aconteceu com Viny Viera – que imitava o ícone da TV. “Assim que saiu, o Phavanello passou com a nossa psicóloga, quando informaram pra ele o que aconteceu com o nosso querido Gugu. Rodrigo tem uma história com o Gugu desde o Dominó, e realmente é um choque para todos nós. Mas o Rodrigo foi informado e agora tá lidando com a notícia também”, contou Mion.

Rodrigo Phavanello disse não acreditar na morte de Gugu, na “cabine de descompressão”. (Foto: Reprodução/Record TV)

Para quem não se lembra, a boy band Dominó foi lançada pela produtora de Liberato, a Promoart. Também por isso, Phavanello se sentiu muito tocado ao saber do trágico acidente com o apresentador. “Parece que eu tô num pesadelo, parece que é mentira. Você recebe essa notícia e é um choque. É uma perda, porque o Gugu pra mim foi um pai, teve oportunidade de abrir muitas portas pra mim, me ensinou muitas coisas. Eu não consigo acreditar que ele está morto”, reagiu o ator emocionado. Assista ao momento aqui:

No papo, Sabrina comentou sobre outro assunto delicado, de quando foi vítima de racismo por um membro da equipe do próprio programa. Após assistir um VT com Hari e Thayse Teixeira se queixando de seu comportamento, a modelo justificou suas reações ao ocorrido na casa. “Em momento algum eu tava me vitimizando. Eu nunca sofri racismo da mesma forma que aconteceu comigo aqui na Fazenda, pode ter sido isso que ela falou que eu tava me vitimizando”, explicou.

Depois de receber a confirmação de fala racista, Sabrina não segurou as lágrimas na casa (Foto: Reprodução/Record TV)

Após o incidente ter sido confirmado pelo próprio apresentador d'”A Fazenda”, que reforçou o pedido de desculpas da emissora ainda no confinamento, Sabrina ficou bastante sensível e abatida pela situação, como noticiamos aqui. Agora, ela recordou que teve sua confiança abalada pelo caso: “Quero muito que ela acompanhe minha vida e saiba o que eu defendo. O lugar que eu me senti mais segura era aqui, aí de repente acontece isso dentro do programa?”.

A expulsão de Phellipe Haagensen também veio à tona na “cabine de descompressão”, quando o casal foi questionado sobre quem os deixou mais chateados. Rodrigo logo apontou os comportamentos do peão desclassificado. “Foi a atitude do Phellipe no começo, foi um susto para todo mundo”, respondeu ele, que também mencionou sobre Lucas. “O Lucas eu entrei num atrito com ele, mas depois a gente se entendeu e hoje é como irmão”, concluiu.

Phellipe beijou Hariany no meio de uma discussão e depois saiu rindo, o que o levou à expulsão (Foto: Reprodução/Record)

Para Sabrina, atitudes de Bifão e Guilherme Leão – que era seu amigo na casa – foram desagradáveis. “Eu fiquei um pouquinho chateada com a primeira votação da Bifão, porque eu achava que não era o momento… O Gui me chateou um pouquinho porque ele falou que se decepcionou com determinadas atitudes minhas, mas acho que só”, disse ela. Mas fora do confinamento a realidade é bem diferente, né? Será que as amizades continuarão?