Fotojet

A Fazenda 13: Após falas de outros peões, Nego do Borel cai no choro no meio de ‘Jogo da Discórdia’: ‘As coisas não são assim’; assista

Nego do Borel causou polêmica no primeiro “pós-festa” de “A Fazenda 13“… Além de se envolver em uma baita briga com Dynho Alves e Mussunzinho, o cantor também foi acusado por internautas de assédio, após tentar ficar com Dayane Mello e ela negar. Por conta disso tudo, durante uma dinâmica realizada na noite desse domingo (19), o funkeiro foi apontado por boa parte dos peões como o possível primeiro eliminado da edição.

A brincadeira era simples: os participantes deveriam escolher quem dos colegas de confinamento achavam que iria para a final, e quem sairia logo na primeira semana. Assim como Solange Gomes, que também já protagonizou um barraco na casa, Nego foi citado como favorito a deixar o programa por diversos de seus competidores — mais especificamente Dynho, Gui Araújo, Mileide Mihaile, Tati Quebra Barraco, Liziane Gutierrez, Aline Mineiro e Tiago Piquilo.

Continua depois da Publicidade

Isso acabou abalando bastante o músico, que não conseguiu segurar as lágrimas no momento de participar do tal game da discórdia. Desestabilizado, Nego precisou passar a vez, pois não era capaz de falar em meio ao choro. Erasmo Viana então sugeriu que outra pessoa desse continuidade ao jogo, até que Borel se acalmasse.

Após se recompor, Nego voltou ao “palco” e aproveitou o momento para se desculpar com Dynho. “Do fundo do meu coração, quero te pedir desculpas, Dynho, porque aquele dia lá discutimos, perdemos o controle, eu falei coisas que não foram legais pra você e eu senti muito – não é porque não quero ir pra roça ou por medo de sair, estou falando do fundo do coração. Você tem uma história maravilhosa. Quero pedir desculpas à sua família que está lá fora”.

“Quero pedir desculpas ao grupo também, porque as coisas não são assim. Todo mundo aqui tem uma história. Depois quero falar com você (Dynho) à sós, não é questão de voto, de sair… é uma coisa que quero deixar a limpo com você. Se você puder e quiser me respeitar, vou ficar muito feliz como homem”, finalizou, apontando em seguida Tati Quebra Barraco como finalista e MC Gui como primeiro eliminado de “A Fazenda 13”.

Equipe de Nego se manifesta

Após a dinâmica, a equipe de Nego compartilhou um texto nas redes sociais afirmando que o cantor vem sendo vítima de racismo estrutural e de um linchamento virtual. “Mais uma vez, o racismo estrutural que temos no Brasil é escancarado. Mais uma vez, vemos que uma pessoa negra não tem sequer o direito de errar, como todo mundo faz. Até o momento, o que vimos, é parte da sociedade julgando e condenando por coisas que não aconteceram. O linchamento virtual contra o Nego mostra que ninguém está disposto a ouvir um homem negro que veio da favela”, começou o comunicado.

Na sequência, o time de Borel negou que o artista tivesse assediado Dayane, como foi apontado na web. “Essa ‘era do cancelamento’, que já fez com que outras pessoas negras em realities fossem massacradas, é implacável e muito prejudicial. A própria Dayane falou que não houve assédio. Quanto aos outros erros, o próprio Nego admitiu e se desculpou. Entretanto, a sociedade nunca está pronta para ouvir e dar oportunidade a uma pessoa negra. Até quando esse racismo estrutural irá existir? Até quando só pessoas brancas terão o direito de errar? Até quando uma nova chance será seletiva pela cor da pele?”, finalizou o recado. Veja: