Acidente America's Got Talent: Extreme. (Reprodução/ Divulgação)

America’s Got Talent – Extreme: Participante sofre acidente grave e é levado às pressas para hospital; saiba detalhes

Nesta sexta-feira (15), o TMZ revelou que Jonathan Goodwin, participante do novo “America’s Got Talent: Extreme“, sofreu um horrível acidente durante os ensaios para sua apresentação. Segundo as informações, Goodwin estava suspenso a 21 metros de altura quando algo deu errado e ele caiu, batendo a cabeça no chão e sofrendo uma lesão neurológica. Jonathan foi levado em estado grave para o hospital local, próximo ao autódromo de Atlanta, na Geórgia.

No número, dois carros estavam pendurados, um de cada lado do acrobata, balançando para frente e para trás. A ideia era Goodwin se libertar de uma camisa de força e, em seguida, cair em um colchão de ar, evitando ser esmagado pelos carros. O problema foi que os veículos colidiram, prensando o homem entre eles. O impacto fez com que os carros explodissem, causando a queda do artista. O choque foi tão grande que, inicialmente, o elenco e a equipe acharam que ele estivesse morto.

A publicação teve acesso à chamada de emergência feita por uma médica que estava no local e descreveu o acidente como uma “acrobacia que deu errado”. Na ligação, ela diz que o dublê Jonathan Goodwin está “em agonia e com baixa pressão arterial” e “lutando para respirar e fazendo movimentos não naturais”.

Jonathan Goodwin também participou de "The Illusionists". (Foto: Getty)
Jonathan Goodwin também participou de “The Illusionists”. (Foto: Getty)

O atendente da emergência diz que eles precisam imediatamente de resgate e um helicóptero para o transporte. No momento da chamada para o 911, a manobra de “reanimação cardiopulmonar” não havia sido realizada porque Goodwin tinha pulso. Uma fonte interna do reality disse ao TMZ que ele reagiu quando foi levado ao hospital, mas sua condição atual continua incerta. Ouça a ligação:

Ao The Sun, o Departamento do Xerife do Condado de Henry, na Geórgia, disse que o acidente aconteceu na noite de ontem (14) e Jonathan “sofreu ferimentos graves em suas pernas e várias lacerações, e foi levado por via aérea para o Hospital Grady”. “Ele foi transportado em sérias condições, mas atualmente está vivo, alerta e bem. Não há planos para uma investigação criminal neste momento e qualquer investigação adicional seria feita pela equipe do reality”, explicou.

Um insider próximo à produção do programa também revelou ao tabloide britânico que as gravações de “America’s Got Talent: Extreme” ao vivo e com público, foram canceladas pelo menos até a próxima segunda-feira, 18 de outubro.

Continua depois da Publicidade

Esta não é a primeira vez que Jonathan aparece no reality show, em 2020 ele havia mostrado suas acrobacias ousadas e terminou como semifinalista do programa. Este ano ele foi convidado de volta para filmar a versão “Extreme”, apresentada por Terry Crews e tendo como juízes Nikki Bella, Travis Pastrana, e Simon Cowell.

Jonathan nasceu e foi criado em Pembrokeshire, no País de Gales, e sua arriscada trajetória profissional apareceu em vários outros programas de TV ao longo dos anos. No “Britain’s Got Talent” de 2019, Jonathan foi “enterrado vivo”, realizando o ato no palco pela primeira vez. Assista: