Ao vivo na GloboNews, Felipe Neto critica a própria emissora e detona concorrente: “Não aceito aparecer na CNN Brasil”; Assista

Felipe Neto foi convidado do programa “GloboNews Debate” na noite desse domingo (02) e, durante a entrevista, criticou o canal de notícias do Grupo Globo por ajudar a “validar” a posição do deputado Osmar Terra, que faz declarações sem qualquer comprovação sobre o coronavírus. No entanto, o empresário focou sua maior atenção na concorrente, CNN Brasil, e detonou a postura da emissora recém-inaugurada no Brasil, assim como havia feito no “Roda Viva”, há dois meses.

Tudo começou após a jornalista Cristiana Lôbo perguntar se ele se sentaria para discutir o projeto das fake news, que está sendo debatido no Congresso, com blogueiros que defendem o governo Bolsonaro. “Eu não me sentaria da mesma forma que eu não aceito aparecer na CNN Brasil pela mesma razão”, afirmou o youtuber.

Ele explicou que a discussão colocaria assuntos sem qualquer base científica no mesmo patamar que a verdade. “A gente está vivendo hoje no Brasil um momento de validação do negacionismo, a validação do obscurantismo, a validação de pessoas e ideias que sempre ficaram no esgoto da opinião pública. E que de repente saíram dos esgotos, como ratos pela cidade, de uma forma tão violenta e grotesca, que saíram contaminando todo mundo”, descreveu.

Continua depois da Publicidade

Felipe, então, citou exemplos como o terraplanismo e o movimento antivacina, ressaltando que, desde que a pandemia do coronavírus teve início, as coisas ficaram piores. Nesse momento, o youtuber aproveitou para apontar um erro da GloboNews. “Negacionistas da pandemia, negacionistas da necessidade de isolamento social. Você tem uma pessoa que já veio aqui na GloboNews, inclusive, que eu critiquei abertamente por ter sido convidada e que aparece também em outros canais o tempo inteiro que é o Osmar Terra”, declarou ele.

Felipe não teve problemas em apontar uma crítica à GloboNews, dentro da própria emissora (Foto: Reprodução/GloboNews)

O empresário continuou, explicando por que ter alguém como o Osmar Terra falando como especialista seria um erro. “Toda semana ele fala que a próxima semana é o fim constatado da pandemia. Ele está falando isso desde março. Falou que iam morrer nem mil pessoas e continua até hoje arrotando que está certo em relação à pandemia”, apontou. “E aqui não estou falando de opiniões divergentes, estou falando de negacionistas científicos, péssimos revisionistas históricos, pessoas que intencionalmente deturpam, manipulam e negam o que a ciência diz para tentar vender uma ideologia”, ressaltou, na sequência.

Continua depois da Publicidade

Para concluir o pensamento, Felipe repetiu que se sentar com essas pessoas seria validar os absurdos que elas defendem. “E eu não posso fazer isso. Eu não me sentaria com esses indivíduos, principalmente desses blogs, que fazem parte deste esquema de articulação da extrema direita, que ajudam a disseminar o tempo inteiro notícias mentirosas e estão sendo alvo de investigações”, enfatizou.

Outro exemplo mencionado pelo influenciador digital foi o jornalista Olavo de Carvalho. “Como é que eu posso sentar numa mesa que tem uma pessoa que fala abertamente que a pandemia é uma mentira e não morreu ninguém de Covid no mundo? Como é que a gente pode colocar essa pessoa no debate público? Existem questões que são puramente impossíveis da gente lidar. Que a gente precisa, e é papel do jornalismo, negar”, declarou ele.

O youtuber pontuou – de forma certeira – que os meios de comunicação precisam fazer um contraponto mais efetivo a pessoas que disseminam informações falsas. “Eu levanto essa necessidade de forma humilde, pedindo para os bons jornalistas, que vocês são, quando encontrarem essas pessoas, essas opiniões, que as neguem e que mostrem a verdade de imediato”, pediu, citando o caso de uma âncora da CNN norte-americana que interrompeu e encerrou a entrevista com um assessor do presidente Donald Trump, após uma insistência dele em defender o uso da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19.

Continua depois da Publicidade

“Esse é o papel do bom jornalismo em termos de instrução pro povo. O povo, quando vê um canal de televisão trazendo o Osmar Terra pra falar o que fala, valida. Então eu acho que é fundamental que essas pessoas sejam negadas. Que elas sejam vistas ou como mentirosas, ou como desinformadas, e que os jornalistas façam esse trabalho. E não que deem voz e digam que é ‘o outro lado’. Existem dois lados, mas dois lados dentro da razoabilidade. Pessoas que saem do bom senso precisam ser desmascaradas”, finalizou Felipe. Assista:

Procurada pelo colunista Mauricio Stycer, do ‘UOL’, a CNN Brasil não quis comentar as declarações do youtuber.