Ao vivo no “Bom Dia SP”, mulher dá resposta sincerona e deixa repórter sem graça ao ser questionada sobre transporte público: ‘Uma bost*!’; Assista

Ah, as pérolas do ao vivo… Na manhã desta quarta-feira (02), o repórter Bernardo Bortolotto, do “Bom Dia SP”, ficou sem graça e sem reação após questionar uma mulher sobre os problemas do transporte público em São Paulo, que segue lotado em meio à pandemia do coronavírus, e ter uma resposta beeem sincerona.

Identificada apenas como Jaque, a mulher parecia com pressa quando foi abordada pelo jornalista subindo as escadas da Linha 11 – Coral da CPTM em direção à plataforma. Ela disse que estava indo para a República quando Bernardo perguntou como estava a situação do trem e foi bem surpreendido pela resposta.

“Você quer que eu seja sincera? Posso te falar a verdade? Uma b*sta”, disparou Jaque, sem papas na língua, deixando o repórter da Globo sem palavras. “Ok, obrigado pela sinceridade”, disse, com uma risada nervosa. Na sequência, ele engatou outra pergunta, que também recebeu a completa honestidade da mulher.

Continua depois da Publicidade

“Você que pega esse transporte tem visto muita gente, muita movimentação?”, indagou Bortolotto. “Claro, é a estação mais lotada que tem e quando chega na Luz está muito cheio”, desabafou ela. “Muito cheio? Difícil então manter o distanciamento?”, continuou o jornalista. “Que distância? Não existe”, rebateu ela, soltando um risinho.

Bernardo ainda tentou fazer a conversa render um pouco mais ao comentar que a situação era complicada, mas Jaque apenas disparou “isso é Brasil” e saiu andando. Uma quarta-feira de manhã em meio ao transporte lotado… estamos longe de julgar. Confira a cena:

Na sequência, Bernardo finalizou a passagem na estação e refletiu sobre a reação da mulher. “Ela está bem revoltada, né? Não é nem questão de revoltada, ela está cansada. A gente percebe um cansaço na voz da pessoa que pega o transporte desse jeito”, comentou o repórter, passando a fala para o apresentador Rodrigo Bocardi, que amenizou a situação.

Continua depois da Publicidade

“Valeu, Bernardo, é isso. A gente acaba se surpreendendo com a sinceridade da Jaque, mas é porque as pessoas muitas vezes não têm a coragem, a facilidade, a ousadia e a naturalidade de falar o que pensam, vivem e enfrentam”, ponderou Bocardi. “A gente vem mostrando desde o começo. Durante essa pandemia, quantas vezes nós falamos que nada foi feito pelo transporte nesse episódio todo? Nada foi feito. Essa é a grande verdade”, afirmou.

Na web, muitas pessoas também se identificaram com a reação de Jaque. “Jaque para prefeita”, pediu um internauta. “‘Modo Jaque’ pra esses governantes que não estão nem ai com o povo”, declarou outro. “Sensata Jaque! Falou por milhares de paulistanos que sofrem com os transportes!”, completou mais uma.

Continua depois da Publicidade

“Parabéns Jaque, que mandou a real e resumiu ‘é Brasil’. Neste país com estes governantes retrógrados e corrompidos, quando é pra nos prejudicar, como radares de última geração, agentes pra multar e etc, eles são os tops, mas quando é pra beneficiarmos com transporte, saúde, nada”, desabafou um morador. “Jaque disse tudo! Falou a linguagem do povão. Adorei, tá certíssima”, elogiou outra.