Após vinte anos na emissora, Monalisa Perrone pede demissão da TV Globo; saiba os motivos

Após vinte anos de casa, a jornalista Monalisa Perrone pediu demissão da TV Globo, na manhã desta terça-feira (3). De acordo com o “Notícias da TV”, o primeiro a reportar o caso, a solicitação de desligamento teria acontecido após uma longa e tensa reunião da apresentadora com Cristina Piasentini, diretora de jornalismo em São Paulo.

Monalisa – que trabalhava na emissora carioca desde 1999 – é mais um nome a deixar a Globo em direção à CNN Brasil. No canal de notícias que estreia em novembro, ela comandará um jornal no horário nobre. O turno de trabalho, aliás, foi importante para a decisão de Perrone.

Segundo o “Notícias”, ela estaria exausta da rotina à frente do “Hora 1”, da Globo. Para comandar a atração, exibida entre 4 e 6 da manhã, ela precisava chegar na emissora à 1h da madrugada e dormir às 17h, o que impactava na criação de seu filho.

Outro ponto que pesou na mudança foi o salário. A proposta financeira da CNN, muito superior ao que Perrone ganhava na vênus platinada seria “irrecusável”. Monalisa apresentava o “Hora 1” desde sua estreia em dezembro de 2014.

Monalisa chegou a apresentar até mesmo o “Jornal Nacional” (Foto: Reprodução / TV Globo)

Antes dele, atuou na reportagem de todos os telejornais da Globo e apresentou, eventualmente, o ‘SPTV’, o ‘Bom Dia São Paulo’ e o ‘Bom Dia Brasil’, como substituta dos respectivos titulares. Desde 2016, também podia ser vista na bancada do “Jornal Nacional”, como plantonista, um sinal de prestígio na emissora. Nem mesmo o destaque no principal telejornal do país foi capaz de desviá-la da CNN. Ela se juntará a nomes como Evaristo Costa, William Waack, Mari Palma e Phelipe Siani – todos ex-globais.

Atualização às 17:30: Na tarde desta terça-feira (3), a TV Globo anunciou por meio de comunicado que Monalisa será substituída no “Hora 1” por Roberto Kovalic. O experiente jornalista assume a bancada do noticioso a partir da próxima segunda (9). Até lá, a apresentação ficará à cargo de Michelle Barros.