BBB20: Brothers debocham de quarto branco, questionam regra e saem do cômodo após Manu apertar botão! Assista a tudo!

A diversão acabou rápido! Quase oito horas após entrarem no temido Quarto Branco, Manu Gavassi, Gizelly e Felipe se despediram do cômodo. Os três passaram um bom tempo pensando nas regras passadas por Tiago Leifert e concluíram que a melhor opção era apertar o botão vermelho.

Tudo começou quando os confinados analisaram o ambiente e perceberam que não era totalmente branco. “Esse quarto branco é o maior caô. Tem nada branco aqui, só a roupa de cama. Chão é branco encardido, as paredes são cinzas…”, debochou Gizelly.

A observação deixou os três com a pulga atrás da orelha. “Não faz sentido uma prova dessas, não tem nada de branco aqui. Parece que eu tô num quarto de bebê”, declarou Prior. Manu, então, questionou se o ambiente não seria forjado como uma “pegadinha” para eles.

Continua depois da Publicidade

“Sim. Dá pra ficar um mês aqui, mano, com comida boa”, elogiou o arquiteto. “Quando o teto abaixa fica melhor ainda, as comidas tudo gourmet e chique, [com] entrada, prato principal, sobremesa…”, concordou Gi. “E ainda é muito mal feito, tá caindo os bagulhos ali”, detonou o paulista, fazendo as duas caírem na risada. “Acabou com a Globo”, disse a capixaba.

Os brothers, então, começaram a pensar na frase dita pelo apresentador e ponderaram que poderia ser um desafio justamente incentivando-os a apertar o botão vermelho no centro do quarto. Manu afirmou que apertaria se Gizelly e Prior dessem um beijão lá dentro.

Continua depois da Publicidade

Os dois concordaram e, enquanto cada um ia escovar os dentes, os outros continuavam pensando em estratégias. “Eu me conheço eu sou muito louco, tô quase apertando essa p*rra, mas vou falar antes com a Manu. Faz muito sentido apertar. Ah, eu sou louco. Eu acredito em Deus e o que o Cara fizer pra mim é melhor”, disse Felipe, enquanto a cantora estava no banheiro.

“Eu só não quero ser eliminada por causa de um quarto branco”, afirmou a advogada, considerando que essa era uma das possibilidades para os dois que não apertassem. “Acho que eliminado é difícil”, especulou o participante, ouvindo que isso já havia acontecido uma vez antes.

Manu, então, voltou e entrou na pilha de Felipe. “É o jogo, mano. Ter culhão de apertar. Eu não sei se eu tenho coragem. O meu medo é porque tem muita gente pra poucas semanas. Acho que corre risco [de ser eliminado]. Mas eu não tenho coragem não, eu não consigo. Pela interpretação do Thiago, ou é imunidade ou é eliminado”, declarou ele.

Continua depois da Publicidade

A cantora opinou que o estágio em que eles estavam – os três no paredão sem direito à prova “Bate e Volta” – já era o pior cenário possível. “O jogo não pode te eliminar, quem te elimina é o público. Na verdade, a briga seria quem aperta o botão”, refletiu ela.

“Pode ser proposital, pra gente pensar que está eliminando os outros dois jogadores, porque é isso que o quarto branco faz e seria a pior consequência, quando, na verdade, é imunidade. Então, por exemplo, se você fizesse na maldade, pra eliminar a gente, você apertaria, a gente voltaria imune e isso poderia gerar conflito”, completou.

Ela seguiu ponderando e recebeu incentivos de Prior. “Você entende que o menos mal é apertar? Eu aperto agora se eu quiser. Porque eu tô no paredão de qualquer jeito, eu vou continuar no paredão. Pra mim não vai mudar absolutamente nada eu apertar isso aqui”, afirmou a jovem. “Então vai, Manu. Aperta! Pode ir!”, concordou o arquiteto.

Continua depois da Publicidade

“Acho que ficar os três aqui só vai perder tempo e os três tão no paredão, tem que arriscar. Por isso que eu fiquei ali pensando”, explicou Felipe. “É verdade. Os três estão no paredão no pior cenário, ou seja, apertem a p*rra do botão se vocês já estão f*didos”, pensou Manu.

“Tenham coragem, quero ver se as pessoas têm coragem. Eles estão falando até agora que as pessoas estão se escondendo”, completou o brother, servindo de apoio para a cantora que imediatamente apertou o botão. “Boa! Vai dar certo”, declarou ele.

Eles esperaram alguns minutos e receberam ordens para colocarem sapatos. Não demorou muito para saírem e voltarem para a área externa da casa do “BBB 20”, onde os participantes aproveitavam um cooler de bebidas. “Já chegaram, galera?”, questionou Flay, chocada, quando os três passaram pela porta.

Continua depois da Publicidade

Logo uma confusão generalizada se iniciou com uma pessoa passando por cima da outra pra fazer perguntas. “Eles estão trollando a gente”, disse Marcela. “Calma, a gente vai explicar. A gente não tá fingindo”, afirmou Manu.

Com a ajuda de Felipe e Gi, ela detalhou tudo o que havia acontecido, incluindo a informação de Leifert e como chegou à sua decisão, enquanto os confinados escutavam, extremamente surpresos.

Bapho, hein! Quarto branco, vamos sentir sua falta. Foi bom enquanto durou… kkkkk