BBB20: Eliminação de Pyong gera choro, gritos, hipótese de paredão falso e até teoria da conspiração sobre coronavírus; Veja as reações dos brothers!

Pyong Lee foi um dos jogadores mais estrategistas dessa temporada… entretanto, sua última jogada – super arriscada – não saiu como o hipnólogo esperava. Com 51% dos votos, o brother foi eliminado numa disputa acirrada contra Babu, no paredão de ontem (17). A não ser por Prior, a casa toda ficou completamente desacreditada com a eliminação.

Desolados, os membros da “comunidade hippie” buscaram conforto em suas próprias teorias da conspiração. Manu foi uma das primeiras a cogitar: “Ele (Pyong) seria a melhor pessoa possível para ir para um paredão falso. Porque ele ia causar a sensação na gente de não saber realmente se é muito coerente ele sair, ou se é nada coerente ele sair”.

Continua depois da Publicidade

Marcela concordou, e disse que esperaria pelo retorno do amigo até a próxima semana. “Eu estou com essa sensação também, de verdade. Porque a gente conheceu ele, e a gente sabe as intenções, a gente sabe tudo. A gente viu muito além do jogador. Eu vou esperar”, acrescentou Gavassi. “Ele vai voltar arrasando se for falso”, observou a médica.

Rafa, por sua vez, tentou analisar o outro lado da moeda. “Mas também é compreensível ele ter saído, entendeu? Tanto que ele falou que esse paredão era entre ele e o Babu. Ele sabia disso”, avisou. Mesmo assim, as sisters não se conformaram e Ivy depositou suas esperanças no paredão falso. “Se for mesmo, vai ser a coisa mais legal desse programa. Só vou me permitir sofrer se ele não voltar”, afirmou Marcela.

Quem mais se abalou com a saída do mágico foi Gizelly. Muito certa de que o público não votaria contra o rapaz, a advogada inclusive pediu para que Ivy não comentasse com Flayslane, Mari, Prior e Babu sobre a suposta “falsa eliminação”. “Ele tá lá em cima pra ouvir o que eles falam. Quero todo mundo falando o que pensa do meu coreano safado. Uma hora dessas ele deve estar lá comendo uma pipoquinha”, supôs.

A capixaba ainda especulou: “E se ele já volta como líder? Esse negócio de ser líder está me intrigando”. “Se voltar, volta muito forte. Ninguém segura”, observou Marcela. “Se ele volta, ninguém tem coragem de colocar no paredão”, declarou Ivy.

Mais tarde, Gizelly se isolou no quarto enquanto os colegas todos jantavam na xepa. Muito chateada, a sister caiu no choro, enquanto gritava por Pyong. Assim que retornaram aos aposentos Marcela, Ivy e Daniel a consolaram, e garantiram que o hipnólogo retornaria ao jogo. “É óbvio que é um paredão falso! Já estava na hora! Ele queria ir pro paredão, porque sabia que era falso”, assegurou Marcela.

Continua depois da Publicidade

Enquanto isso, no quarto ao lado, Prior comemorava com Babu. “Estava com muito medo de você sair, eu ia ficar sozinho. “Nunca vivi isso, nem jogando bola. Nunca comemorei tanto, é gol do meu time, do seu time”, comparou o arquiteto.

Babu, por sua vez, caiu na pilha dos colegas de confinamento e começou a acreditar nos boatos de que Pyong poderia voltar ao jogo. “Eles querem justificar a saída das pessoas pelo público lá fora, e não pelas ações delas”, analisou o ator, que inclusive suspeitou do aviso feito por Tiago Leifert, na segunda (16), sobre a pandemia do novo coronavírus. O carioca alegou que tudo poderia ser uma pegadinha, para acobertar o tal paredão falso.

“Eles jamais fariam isso… inventar uma doença. Não falariam, Babu. Colocar um especialista ao vivo no programa? Eles não fariam isso”, assegurou o rapaz.