BBB20: Em conversa com Flayslane, Prior critica Babu de novo e acusa ator de ‘vitimismo’: ‘Tá levantando a bandeira dele’; Assista

Prior já pode pedir música no “Fantástico”! Em pouco mais de 24 horas, o brother fez três críticas diferentes a Babu no “BBB 20”. Após dizer que o ator estava desesperado por dinheiro e falar que ele não estava sendo amigo de ninguém”, Felipe acusou-o de vitismo em uma conversa com Flay na noite dessa segunda-feira (30).

Depois da “Prova da Discórdia”, em que o arquiteto surpreendeu a todos ao escolher a cantora para defendê-lo ao invés do amigo, ele sentou-se ao lado dela na área externa da casa para conversar. “O que tá me incomodando muito no Babu é esse ‘bagulho’ de vitimismo”, disparou ele.

“Meu recado ontem não foi só para a Gizelly, foi para todo mundo que faz vitimismo aqui dentro. Todo mundo tem condições de ganhar esse jogo”, declarou o paulista. “Eu já tinha visto faz tempo. Vai sair daqui cheio de oportunidade. Só não se faz na vida depois do Big Brother quem não quer”, complementou Flay, concordando.

“Fiquei muito chateado quando ele falou: ‘Se você por a Thelma, a Thelma tem grandes chances por ser… tal, tal, tal, tal… de não sair’. Eu falei: ‘Babu, desculpa cara, mas acho que não tem nada a ver’. Ele fala que aqui dentro não é um jogo de bandeira e ele tá defendendo a bandeira dele”, afirmou Felipe, sobre a parceria do ator com a médica, por ambos se identificarem na causa negra.

Felipe expôs tudo o que estava sentindo sobre Babu (Foto: Reprodução/Globo)

Flay, então, relembrou um episódio antigo, após uma Prova do Líder. “Ele falou de gordofobia, um monte de coisa nada a ver, Prior. Disse que ninguém quer jogar com ele porque ele é gordo, nem com Victor Hugo. É muito vitimismo, isso aí me irrita. Ganha na competência”, alfinetou a cantora.

“Eu fiquei chateadão com isso. O que ele quis dizer para mim? Eu indo para a final com ele e a Thelma, a minha chance é menor. Aí eu fiquei chateado. Ele foi contraditório no que ele disse. Porque, se ele diz pra mim que quer que eu fique em segundo lugar e eu sou a primeira prioridade dele, então como ele diz que, se a Thelma for a única negra em um paredão, ela tem mais chances de ficar? Então se eu for pra final com ele e com a Thelma, eu não tenho chance?”, questionou o brother, em seguida.

“Paciência. Ele já usou isso num discurso dele aí”, aconselhou Flay.

O assunto seguiu, e Felipe afirmou que o carioca tem muitas chances de crescer na carreira, assim como todos da casa. “Tem muita coisa que ele fica batendo pra… pô, ele tem competência cara, ele é ator, ele pode crescer muito na vida dele. Todo mundo aqui tem condições de batalhar. A Rafa é uma menina que não tinha nada. Se ela é rica hoje é mérito dela e, se ela ganhar um milhão e meio, é mérito dela. Ela que seja feliz com um milhão e meio, de verdade. Jogo de vitimismo eu não gosto”, declarou.

O brother acrescentou que estaria sendo hipócrita se não reclamasse disso. “Eu tô reclamando do vitimismo da Gizelly e tá acontecendo do meu lado. Eu não posso ser hipócrita a ponto de fazer o que elas fazem. Não dá. Tem que ser coerente. Todo mundo precisa”, apontou, acrescentando que, mesmo assim, a parceria entre eles continuava firme.

“Quando ele conta as histórias dele, [dá] mó satisfação de ter dado pra filha dele o celular… tudo que eu ganhar eu vou dar pro cara, nós estamos fechados. Só que, se começar a jogar sujo comigo, aí eu não gosto. Outro dia ele falou pra mim: ‘É, playboy, playboy’. Eu não gosto dessas paradas. Tem que me conhecer, mano, pra saber se eu sou playboy ou não sou. E que eu corri e batalhei pra conquistar o pouco que eu tenho e que eu não sou playboy. Fico p*to”, concluiu Prior.

Será que essa parceria tem volta?