BBB20: Manu tem sonho ‘premonitório’ sobre novo coronavírus e diz estar assustada: ‘Bizarro’

Premonição que fala? Nessa madrugada (15), Manu Gavassi ficou bastante reflexiva. Enquanto jantava, a sister comentou com Babu sobre sua aflição diante da situação de pandemia do novo coronavírus. Ela inclusive confessou que teve alguns sonhos com o possível cenário caótico do mundo “real”.

Vale lembrar que o protocolo sobre informações externas do “BBB 20” foi quebrado por um bom motivo. Os participantes foram informados pelo apresentador sobre a gravidade do Covid-19 no dia 16 de março e, desde então, redobraram os cuidados com higiene dentro da casa.

Continua depois da Publicidade

A cantora, que percebeu também novas medidas preventivas por parte da produção, admitiu estar aflita com a situação. “Estou um pouco assustada. Tive um sonho bizarro no qual as pessoas trabalhavam de máscara, limpando o tempo inteiro a mão com álcool. O sonho me assustou. Mas é aquilo, claro que pode ser preventivo e pode não estar o caos que a gente pode imaginar, mas quando foi que existiu uma situação rigorosa dessa forma?”, especulou.

“Várias vezes, mas os órgãos competentes que não fizeram isso antes. Mas não tem como saber. O H1N1 era tão nocivo quanto, e essas medidas não foram adotadas e deu ruim. Minha família é neurótica, tenho certeza que estão tomando todos os cuidados possíveis”, respondeu Babu, tentando tranquilizar a amiga.

É, Manu… Seu sonho tá bem dentro da nossa realidade. (Foto: Reprodução/Globoplay)

Ansiosa pela final do programa, Manu também levantou suspeitas sobre como seria a cerimônia de encerramento, dessa vez. “Geralmente tem a torcida. Eu acho que, se estiver tudo tranquilo, eles vão fazer um ‘check-up’ na galera que vem e deixar as pessoas da plateia afastadas umas das outras, álcool em gel pra tudo quanto é lado… ou então vão levar uma equipe pra sua casa, botar uma câmera lá, fazer um link na casa de quem está [na final], supôs Babu.

Gavassi concordou com a possibilidade, mas garantiu que sua família sairia de São Paulo para recebê-la pessoalmente, no Rio de Janeiro. “Sua família, mesmo se falarem ‘não venham’, seu pai vai vir. Provavelmente vão botar todo mundo no carro e vir”, constatou o carioca, aos risos. “Obviamente! Meu pai vai falar: ‘Queridos, me respeitem, estou há três meses sem ver minha filha'”, imaginou a artista. Será?

O negócio tá tenso aqui fora, Manuzinha! Não culpe seus parentes caso eles não apareçam, viu? É pelo bem maior!