BBB20: No quarto branco, Prior e Gizelly especulam qual brother não aguentaria ficar no cômodo; Arquiteto explica por que não escolheu Daniel — assista!

Paz, amor e tudo branco! Na tarde de hoje (06), Manu Gavassi, Felipe Prior e Gizelly Bicalho estrearam o temido “Quarto Branco” do “BBB 20”. Contudo, eles nem acharam o perrengue tão ruim assim… Logo ao chegarem, a advogada fez questão de entender qual o motivo de ter sido escolhida pelo arquiteto.

“Prior, por que você me escolheu, do fundo do coração?”, quis saber a capixaba. Então, ele explicou que não conseguiria estar tão próximo de seu rival no jogo. “Sei lá, porque das pessoas de lá… O Daniel eu não consigo ficar perto por dois minutos. Ele é uma criança. Simplesmente, das pessoas que têm, ou era você ou era o Daniel”, justificou.

Apesar de o teto ter abaixado e tudo mais, Gizelly, Manu e Prior levaram o quarto branco na boa! (Foto: Reprodução/TV Globo)

Continua depois da Publicidade

Ainda assim, o brother foi sabatinado pelas colegas de confinamento. “Mas por quê? Qual que é o critério?”, questionou Manu. “Você acha que eu sou desequilibrada?”, cogitou Gizelly. Mas Prior afirmou que não havia premeditado isso. “Não, não tem critério. Foi na hora”, argumentou. Assista:

Assim que o teto começou a abaixar (!), Gi reconheceu que Prior poderia ter sido mais estratégico. “Deixa eu te falar, você deu mole numa coisa. O Daniel não aguenta ficar dentro desse negócio. Em dez minutos ele ia pedir pra sair. Ele não respeita a regra, você sabe”, cogitou ela, em concordância com Gavassi. Mas não tinha jeito… “Eu não ia aguentar ficar com ele”, respondeu o rapaz, antes de brincarem novamente com o aperto do local.

Continua depois da Publicidade

Minutos antes de saírem pelo confessionário da casa, Gizelly já havia questionado as razões de Felipe, trazendo, novamente, a hipótese de um beijo entre eles à tona. “A gente pode beijar na boca, dormir de conchinha”, brincou ela com Pyong Lee. Ela também foi direta, dividindo sua ideia com o próprio arquiteto: “A gente pode beijar na boca. Você não queria dormir de conchinha comigo quando a gente beijou aquela vez?”. Ousada! Kkkk

Continua depois da Publicidade

Indo contra o terror de Ivy, que ficou devastada em ter de indicar Prior ao castigo, o trio fez muita festa ao receber sua primeira refeição – especialmente a capixaba. “Graças a Deus”, comemorou ela ao se deparar com o prato. “Ai, gente, eu amo! YES! Ai, meu Deus que comida maravilhosa! Tilápia… Ai, eu amo risoto! Obrigada, senhor!”, agradeceu Gizelly, em puro êxtase. Quem diria, né? Um sorrisão desses no cômodo dos pesadelos… Kkkk

Continua depois da Publicidade

Em meio ao tranquilo “caos”, Prior também fez suas análises do jogo. “Querem uma paz nessa casa? Só tira eu e o Babu, aí vai virar um convento de gente velha que acha que tem razão em tudo. Vocês acham que tem razão em tudo!”, alfinetou ele, ao que Manu respondeu: “A gente tá tentando”. Mas a artista se justificou: “Eu não acho, tô super aberta a aprender”. “Mas a maioria não. Você escuta… Tem um monte de gente se escondendo”, apontou ele. Carinha de nova amizade no jogo, hein?!

Segundo a dinâmica da semana, os três confinados no quarto branco estão automaticamente no paredão — sendo que não haverá a Prova Bate e Volta. No entanto, há uma condição: caso um deles deseje, poderá se sacrificar apertando o botão vermelho, salvando a pele dos outros dois e colocando a si mesmo no paredão. Em todos os casos, o quarto branco segue até domingo (08).

Se eles vão surtar ou não nessa claustrofóbica experiência, só o tempo irá dizer… Enquanto isso, seguimos nas espiadinhas!