BBB20: Rafa Kalimann abre o jogo sobre processo contra influenciadora que fez acusações falsas: “Foi muito sujo”

A exposição no “BBB20” trouxe muitos frutos para Rafa Kalimann, mas também algumas situações lamentáveis. Em entrevista para a revista Glamour, a missionária falou sobre o processo que está movendo contra a influenciadora Ana Rosa Tanos. Enquanto ainda estava no confinamento, a mineira foi acusada pela mulher de ter feito três abortos.

No bate-papo com a publicação, Rafa classificou as falas de Ana como uma forma “suja” de conseguir visibilidade. “Alguns ataques que aconteceram aqui fora, histórias que inventaram sobre mim, a gente teve que entrar com processo e tudo. É assim: eu acho que existem formas das pessoas crescerem, das pessoas aparecerem. Não tem nada de errado nisso, nada de ruim na pessoa querer visibilidade, porque muitas vezes é o nosso trabalho mesmo e a gente busca formas de fazer isso acontecer”, disse.

“Mas a gente precisa ter princípios. A gente precisa ser honesto com o que a gente está fazendo. Foi muito sujo como tudo aconteceu”, criticou. Kalimann afirmou que as histórias são mentirosas, e que o único aborto que sofreu na vida aconteceu aos 19 anos de forma espontânea — caso que ela chegou a contar sobre no reality show. “Eu não faria isso [aborto], quanto mais iria expor [de outra pessoa]. Veja só, eu expus o que aconteceu [dentro da casa], foi um momento de dor para mim, que realmente aconteceu na minha vida, mas não foi eu quem fiz [em mim mesma]”, desabafou.

Durante o “BBB20”, Rafa Kalimann se abriu sobre a perda gestacional que sofreu aos 19 anos. Foto: Reprodução/TV Globo

Um dos intuitos da ex-BBB com o processo é também compreender o motivo para Ana Rosa ter inventado histórias tão graves a seu respeito. “Eu escancarei as minhas dores para alguém aqui fora usar disso. A gente entrou com o processo para organizar toda essa história, para entender da parte dela porque ela fez isso”, pontuou.

Ao contrário do que foi alegado por Tanos, Rafa disse que as duas nunca foram amigas e apenas se conheceram anos atrás. “Se eu não estou enganada ela falou que nós chegamos a morar juntas… É mentira. Eu conhecia, a gente fez evento em São Paulo, a gente tinha um amigo em comum, mas nada muito próximo. Era uma conhecida. Eu sei quem é, mas não tenho contato há sei lá quantos anos”, esclareceu.