BBB20: Victor Hugo desabafa com Flay sobre sentimento por Guilherme e recebe conselho sincerão: “Para a sua saúde mental”

Aaai, o amor em tempos de confinamento do “BBB”… Kkkk O brother Victor Hugo segue sofrendo pelos seus sentimentos por Guilherme. Na tarde desta sexta-feira (28), o maranhense abriu o coração para Flayslane e falou sobre o que sente quando vê o colega beijando a namorada Gabi Martins.

“Às vezes, me faz mal ficar com eles, juntos. Engraçado… Às vezes, eu quero estar junto, às vezes, eu torço para eles juntos, às vezes, eu fico mal, às vezes, não… Uma b*sta”, desabafou. Ciente da paixão do psicólogo, a cantora tentou aconselhar que nutrir o sentimento não fará bem pra ele. “Tem que começar a desapegar disso. Para o seu bem, para a sua saúde mental. Começa a desapegar porque o Gui é louco por ela”, falou com sinceridade.

Victor Hugo respondeu que estava ciente disso, mas era complicado. Flay foi ainda mais direta: “E outra coisa, isso é bom para você. Ter esse sentimento, e vai passar. Vai ter que passar. Daqui a pouco você vai encontrar alguém que vai corresponder, entendeu?”.

Para não chatear o brother, a participante amenizou o tom e brincou com o apaixonadinho de plantão. “Ainda mais saindo daqui, famosão… Vai poder escolher!”, falou.

Victor Hugo revelou que se sente atraído por Guilherme. Foto: Reprodução/TV Globo

Na terça-feira (25), o rapaz reforçou o que estava sentindo para Guilherme e pediu para o brother não beijar Gabi na sua frente mais. “Você é importante demais pra mim aqui dentro”, explicou, com um semblante triste no rosto. Em seguida, o brother alegou que Guilherme estava lhe evitando após descobrir sua paixão no paulista. “Eu não sou gay, tá. Não tenho interesse sexual em você, não precisa ter medo disso, nem me evitar. Às vezes sinto que você me evita”, observou VH.

O rapaz aproveitou o embalo e pontuou algumas atitudes que o deixavam chateado. “Por exemplo, percebo que às vezes, estamos aqui e, do nada, você passa perto de mim e dá um beijo na Gabi. Acho muita judiação comigo. No seu lugar, eu não faria isso sabendo que uma outra pessoa gosta de ti. Independente de ser homem, mulher, ser gay ou assexuado”, explicou.