BBB21: Juliette e Lumena discutem sobre relação, trazem desentendimentos à tona e psicóloga dispara: “Ah, então você é a boazinha?”; assista

Juliette e Lumena discutiram sua relação no “BBB 21″… Neste sábado, as duas se sentaram para conversar no camarim, relembrando os desentendimentos que tiveram desde o início do programa. A advogada questionou o comportamento fechado da psicóloga com ela dentro do reality show, e citou um episódio em que Lumena se irritou após Juliette dizer que “iria botar um vestido branco” como o dela.

“Eu elogiei a sua roupa, sem saber o significado para você, e você achou ruim. Já vi você, inclusive, elogiando a roupa dos outros. Por que não aceitou quando eu fiz com você?”, questionou a paraibana, que foi respondida por Lumena: “Eu não entendi a maneira como elogio”. “Então, comigo você não entende. Com as outras pessoas tudo bem?”, retrucou Juliette.

A baiana ressaltou que tem o direito de “não entender” como elogio. “A única coisa que eu estou te cobrando é que a gente teve os nossos ruídos, mas porque só comigo você me cristaliza, me reduz a uma única condição que é a explosiva?”, questionou ela. Você sabe o que eu falo com os outros de você?, perguntou Juliette. “A gente não troca”, frisou a psicóloga. A gente não troca porque você não dá abertura. Eu falo com todo mundo dessa casa, falou a advogada. “Quando te dou abertura, você vem cristalizando”, continuou Lumena.

Ainda no bate-papo, Juliette defendeu seu ponto: “Você me vê contraditória e eu vejo você contraditória com o que você tem de mim. Por exemplo, você dá abertura para algumas pessoas que falam coisas que eu já falei, como a questão da roupa. Eu fico me perguntando: por que comigo? Desde o primeiro momento que lhe vi, eu me interessei por você. Quando eu falei da roupa, você pegou errado”.

Continua depois da Publicidade

“Você já parou pra pensar no jeito que você fala com as pessoas? As questões que você trazia eram sobre a minha identidade. O nível de intimidade para a gente falar sobre identidade da outra pessoa, características, elementos, é um nível de intimidade que demanda tempo. A gente não tinha uma semana de relação. Era tudo muito superficial. Entendo que pra você as coisas são intensas e começou a me incomodar”, justificou a psicóloga, afirmando que não foi ao reality para “ser professora de ninguém sobre questões identitárias”.

Em outro momento, Lumena lembrou de quando a sister havia se estendido no Raio-X: “Você deixou míseros segundos para as pessoas acessarem ao direito que o programa coloca para todo mundo. Sua atitude egoísta você não consegue nominar, mas a minha atitude agressiva você consegue. Isso que eu acho muito interessante”.

Continua depois da Publicidade

“Você acha que eu chorei de orgulho?”, rebateu Juliette. “Eu não sei. Eu não debato intenções. Eu não tenho como acessar as suas intenções”, respondeu a baiana. Então, a aliada de Sarah disse: “Quando você apontou o dedo pra mim, eu poderia ter reagido, mas eu não fiz porque você estava magoada”. Isto incomodou Lumena: “Ah, então você é a boazinha que não reage?!”.

Juliete deixou claro que é “boa e ruim”: “Ninguém aqui é ruim. Somos os dois. Em nenhum momento eu lhe coloquei nessa posição de ruim. Repito, você está querendo dizer que eu lhe rotulei com agressiva”. “Você falou a palavra agressiva várias vezes”, argumentou Lumena, que completou: “Eu não teria reivindicado o meu direito que você tá chamando de agressividade se você não tivesse pegado o tempo todo do cronômetro”.

Continua depois da Publicidade

Depois de algum tempo, Lumena deixou Juliette falando sozinha e a discussão acabou indo a lugar nenhum. “Você fala que se julga. Na prática, é outra coisa”, acusou a psicóloga. “Então, é a sua interpretação”, defendeu-se a paraibana. “Ah, é. É muito inteligente pra julgar o outro”, declarou a amiga de Karol Conká. “Graças a Deus, você também. Parabéns”, finalizou Juliette.