BBB21: Rodolffo perde a paciência após atitude de João; Juliette tenta apaziguar, mas leva invertida afiada: “Não tem justificativa”; assista!

Com o sono, os nervos ficam ainda mais à flor da pele… Na noite desta quarta (31), Rodolffo perdeu a paciência após João Luiz bater a porta do quarto cordel, enquanto o sertanejo dormia. O brother ficou bastante incomodado, mas Juliette tentou apaziguar a situação e tranquilizar o cantor, depois de ouvir os dois lados.

Tudo começou quando os brothers estavam se arrumando para a festa do líder, que acontece nesta noite. Naturalmente, os participantes costumam ir e voltar do quarto enquanto pegam roupas, acessórios, cosméticos etc. Num desses momentos, João levou vários itens na mão e acabou deixando a porta do quarto cordel bater, no momento em que Rodolffo estava na cama tentando aproveitar seu cochilo. Pouco depois, em outro momento, João fez mais barulho com o baú, assim como Viih Tube não passou despercebida ao mexer no zíper barulhento de uma mala. O cantor, por sua vez, não escondeu seu descontentamento.

Continua depois da Publicidade

Quando percebeu que Rodolffo tinha acordado revoltado, Juliette foi logo falar com o brother. “A galera tá se arrumando já, então provavelmente todo mundo vai ficar entrando e saindo”, disse ela. Mas o artista prontamente reclamou da atitude de João. “Tem que ter cuidado. Você ouviu a paulada que ele deu na porta? A paulada que ele deu no negócio?”, acusou ele.

Rodolffo apelou depois de João Luiz ter batido a porta sem querer. (Foto: Reprodução/TV Globo)

O músico ainda foi além. “E outra coisa, não tem necessidade de se arrumar no quarto. Tem vários lugares pra se arrumar aí fora. Se tem gente dormindo, eu não faço isso. Eu cobro coisa que eu faço. Eu não faço isso”, reclamou ele. E completou: “Respeita as pessoas, cara!”. Juliette até tentou pôr panos quentes no babado, mas não teve muito sucesso.

Continua depois da Publicidade

“Cada pessoa tem um jeito”, disse a paraibana, que logo foi interrompida. “Não tem uma justificativa, Juliette”, retrucou o sertanejo. Mas Juliette insistiu que não valia a pena brigar por isso. “Acho que antes de chegar no limite e brigar por isso, eu acho que…”, mencionou ela, quando Rodolffo voltou a cortá-la: “Estou no limite desde a primeira semana”.

A sister continuou na sua missão de tranquilizar Rodolffo, mas acabou azedando as coisas de vez. “Se tiver de brigar com alguém, que seja outra razão. Que não seja essas coisas pequenas. Eu sei que irrita sim”, disse ela. Foi quando o cantor apelou: “Juliette, a coisa não é pequena! Eu quero que vocês entendam o meu lado. Porque tudo que eu falo e faço aqui em casa ninguém leva em consideração”.

Continua depois da Publicidade

Rodolffo ainda minimizou comportamentos seus que foram alvos de críticas na casa. “Uma brincadeirinha, um trenzinho que eu faço com uma pessoa fica desse tamanhozão. Duas, três, quatro horas que eu tento dormir e nego chega pau em porta, chega pau em conversa, não é desse tamanho, né?”, questionou. “Cara, eu não tô dizendo que não é chato, que não é irritante. Tô pedindo pra eu tentar [conversar com ele] uma vez”, pediu Juliette.

Dito e feito! Juliette foi tirar satisfação com João Luiz sobre o incidente da porta. “Agora você saiu do quarto, você bateu a porta de propósito?”, perguntou ela. “Não”, respondeu o professor. “Foi sem querer?”, indagou ela novamente. “Foi, por quê?”, devolveu o brother. “Porque ele acordou, falou: ‘Ô véi’”, explicou a maquiadora.

Continua depois da Publicidade

João reforçou que a situação foi acidental. “Foi sem querer, eu tava cheio de coisa na mão, gente”, defendeu-se o mineiro. “Eu falei: ‘Eu sei que ele é muito educado, não seria essa a razão'”, comentou Juliette. Mas o brother ficou bastante surpreso com a acusação. “Gente, eu nunca bati a porta”, mencionou. “Exato, eu sei… Eu falei calma, deixa eu falar uma vez só. Porque eu acho que foi isso, e ele é muito educado, por isso, não briguem por isso. Se tiver de ter conflito, que tenha por outra coisa e não por uma besteira dessas”, relatou.

“Com certeza, mas se tiver que ser também…”, observou João sobre uma possível briga. “Você não precisa disso, nem ele precisa disso. Eu não quero me meter porque eu sei que vai ter alguma coisa entre vocês. Então não vou, porque eu gosto muito dos dois. Mas essa eu acho que seria desnecessário”, aconselhou a paraibana. O professor ainda citou que o próprio Caio acompanhou a cena, vendo que não foi proposital. “Eu tava cheio de coisas na mão. O Caio tava vindo pra cá na hora que eu bati a porta eu fiz assim, eita!”, continuou ele. “Eu sei que você evita. Então, tranquilo”, concluiu Juliette.

Continua depois da Publicidade

Mais tarde, quando Rodolffo já havia levantado de seu “soninho”, Juliette resolveu repassar tudo da conversa com João. “Eu disse que antes de ter um mal-estar por conta disso, eu pedi a ele pra eu falar com você. Ele disse: ‘Tá bom, obrigado, não foi por querer’. Falei que eu sei que vocês dois são duas pessoas educadas e, por isso, [não tinha] motivo pra uma discussão. Fiz minha parte. Não quero me meter nesse rolê, mas que eu tava, achava que eu poderia evitar, mas não vou me meter nisso”, disse ela, enquanto o cantor apenas balançou a cabeça e a deixou falando sozinha.