Fotojet (2)

BBB22: Gustavo cogita plano ousado para não ir com Laís ao paredão; assista

O brother foi indicado à berlinda pelos participantes já eliminados, que voltaram ao programa para uma dinâmica especial

Ah, o amor está no ar no “BBB 22“… Primeiro emparedado da semana, Gustavo já está pensando em quem serão seus concorrentes para disputar a preferência no público. O brother, que vive um affair com Laís dentro do reality, sugeriu que pode indicar a amada se tiver direito ao contragolpe, e explicou o motivo da manobra ousada.

“Se você não tiver imune, e eu tiver contragolpe, eu estou pensando em te puxar, para você não ir direto pelo Líder e ter o bate-volta”, disse ele. A médica, por sua vez, gostou da ideia, mas ficou com medo da opinião dos espectadores: “Não sei se isso fica bom lá fora para tu”.

Natália, que também participava da conversa na academia, explicou que se a estratégia fosse bem combinada, talvez não tivesse problema. “Se você não tiver imune, ele vai em você com certeza. Aí, vai eu, você e mais um pro bate-volta e é 66% de chance de não ir nós dois [ao Paredão]”, argumentou Gustavo.

No entanto, mesmo após concordarem com a ideia, Laís lembrou que Arthur Aguiar, sendo o líder da semana, vota antes do contragolpe, logo após o anjo imunizar alguém. “Mas ele vota primeiro, então não tem como”, comentou a sister. Assista:

De qualquer forma, tudo não passa de uma especulação, já que Gustavo não terá direito a contragolpe. No último programa, Tadeu Schmidt revelou que a dinâmica da semana será a tradicional: o Anjo imuniza alguém, o Líder indica outro participante e a casa vota em mais um. No fim, tem a prova bate-volta com os indicados, menos o escolhido pelo Líder.

Continua depois da Publicidade

Mais cedo, Arthur Aguiar bateu o martelo e afirmou que a médica é mesmo sua primeira opção de voto. Entretanto, o novo líder está preocupado com a Prova do Anjo e a possibilidade do paredão se “embaralhar”.

No quarto do líder, o ator conversou com Lucas, Pedro Scooby, Paulo André e Douglas Silva sobre a berlinda. “Esse paredão tem grandes chances de ir ninguém daqui“, disse ele. “Dependendo do que a gente fizer“, avaliou DG. Aguiar, então, orientou: “Vocês têm que combinar, mano“.

É que eu não voto. Por isso, eu tô falando, vocês têm que combinar porque eu não voto. Se vocês votarem na mesma pessoa, não tem como nem um daqui ir. Vocês já sabem que eu vou botar. Vou botar a Laís“, confirmou. Espia só: