Fotojet (11)

BBB22: Maíra Cardi ‘invade’ live de Leo Picon e denuncia post compartilhado no perfil de Jade: “É crime”; assista

Equipe de Jade compartilhou post que acusa Arthur Aguiar de praticar “gaslightning e manipulação psicológica”

Na madrugada dessa quarta-feira (9), Maíra Cardi “invadiu” uma live feita por Leo Picon no Instagram para fazer uma denúncia. Durante a conversa, a coach pediu que um post republicado no perfil de Jade Picon, acusando Arthur Aguiar de praticar “gaslighting” (forma de manipulação psicológica), fosse deletado. Séria, a mãe de Sophia ainda ressaltou que o assunto é grave e não deveria ser banalizado.

“Isso é uma coisa muito grave que afeta a vida dela (Jade) aqui fora. Estou tentado falar com você por causa disso, porque imagino que você saiba falar com eles (administradores da página de Jade). Como é uma coisa muito séria, ela com certeza não aprovaria uma coisa dessas e isso afeta a vida dela aqui fora, porque isso é um crime”, pontuou a esposa do ator.

Continua depois da Publicidade

“Eu não tenho nada a ver com a equipe dela de redes sociais, mas com certeza eu passo esse recado. Eu vi a publicação e compartilhei nos meus stories como um ponto de vista, mas eu nem sabia que gaslighting era algo desse tipo”, surpreendeu-se Leo, que logo pediu para a equipe de Jade remover a publicação.

Maíra então afirmou que poderia mover um processo contra a influenciadora, que está confinada no “BBB 22“. Ela, entretanto, preferiu buscar uma forma amigável de resolver a situação. (Gaslithing) É uma doença psíquica (sic) e você acusar uma pessoa de doença psíquica é crime. Uma coisa é a bagunça lá de dentro, jogo é jogo, e outra é o que acontece aqui fora. Sua irmã não faz a menor ideia e não tem a menor culpa”, comentou.

Maira diz que não moverá processo

Não demorou para que o post em questão fosse removido dos perfis de Jade. Maíra então voltou às redes sociais para agradecer a postura e o bom humor de Leo diante da situação: “Ele foi muito bacana. Eu dei esse recado para ele publicamente. Resumindo: a equipe da Jade cometeu um crime muito grave, do qual ela não tem conhecimento. A internet não é terra de ninguém”.

“Os administradores dela compartilharam um post acusando o Arthur de coisas bizarras. Eles misturaram o jogo lá dentro com aqui fora. Eu fiquei preocupada com ela (Jade). Uma coisa é a vida dela não estar boa no jogo, outra coisa é aqui fora, e o Leo foi sensacional. Muito bem-humorado, leve, super me ajudou”, continuou, revelando ainda que sairá para almoçar com o empresário hoje para “selarem a paz”.

Ao final dos stories, Cardi avisou que não seguirá com o processo contra a equipe da influencer. “Minha preocupação e atenção foi com a Jade, por isso eu corri. Ela está lá presa, não tem nada com isso e não sabe o que está acontecendo aqui fora. A falta de responsabilidade que está acontecendo com as redes sociais dela. Não é justo ela sair de lá e a vida dela daqui de fora estar bagunçada. Está tudo certo, ninguém vai ser processado. Graças ao irmão dela que foi super rápido, resolveu e retirou [o post]”.

O post

O post em questão, escrito pela psicanalista Manuela Xavier, diz que Jade – responsável por indicar Arthur ao paredão – teria percebido as artimanhas do ator, que ainda no texto foi acusado de praticar “gaslightining e manipulação psicológica”.

Vale lembrar que gaslighting não é uma doença psíquica, como citou Maíra, mas sim um termo em inglês para definir uma forma de abuso psicológico, através da qual o abusador distorce informações a fim de lhe favorecer e, assim, fazer a vítima duvidar de sua própria memória, percepção e sanidade.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Manuela Xavier (@manuelaxavier)