Scooby (8)

BBB22: Pedro Scooby cai no choro ao ver vídeo do filho pela primeira vez após o reality; assista

O surfista não segurou a emoção e chorou de saudade dos pequenos

Ahh, que fofura! Durante sua participação no BBB22, Pedro Scooby falou várias vezes sobre a grande saudade que estava sentindo dos filhos, Dom, Liz e Bem. Dentro do confinamento, entretanto, o ex-brother não recebeu fotos dos pequenos quando foi líder ou anjo, por decisão de Luana Piovani, mãe das crianças. No Bate-Papo BBB da madrugada desta sexta-feira (22), o sufista viu o primeiro vídeo de seu primogênito e ficou extremamente emocionado.

Já para o final do quadro, a apresentadora Rafa Kalimann mostrou o registro de Dom pedindo que as pessoas não votassem em seu pai, no paredão que acabou eliminando Scooby. “Gente, não votem no meu pai, por favor! Eu quero que esse seja meu presente de aniversário de todos vocês“, disse o menininho de 10 anos.

v

O surfista não conseguiu segurar as lágrimas e ficou todo encantado com a dedicação do pequeno. “Nossa…“, soltou ele, com a voz embargada. “A saudade tá grande, né?“, perguntou Rafa. “Muita… era a coisa que eu mais pensava lá dentro. Na saudade deles“, desabafou.

É muito difícil… O Dom é muito compreensivo, mas o Bem e a Liz não tinha muito como explicar o que eu tava indo viver pra eles. Minha vontade era ir daqui pro aeroporto“, explicou Pedro. Durante a trajetória do surfista, ele venceu diversas provas que o dariam o direito de ver fotos e vídeos dos filhos, mas sua ex-mulher explicou por que não autorizaria isso.

Continua depois da Publicidade

“Não vai ter a imagem dos meus filhos no negócio do anjo porque a autorização era praticamente vitalícia, para mais umas cinco vidas de utilização de imagem, mesmo se o Pedro sair”, disse Luana. “Eu não vou assinar uma autorização pra essa e pra todas as outras vidas, tanto de vídeo quanto de foto – porque era assim que eles queriam –, pra eles [TV Globo] encherem o rabo de dinheiro”, continuou. Piovani também abordou que, em sua rede social, é outra história, já que é ela quem é a detentora dos direitos. “Essa é a minha conta, minha, privada e particular, que tem quatro milhões e meio de seguidores. Essa é a pequena diferença”. A artista ainda encerrou: “Vamos falar de coisa mais interessante, vai”.