Rodrigo (3)

BBB22: Rodrigo reclama de “injustiça” após provas dos grupos Pipoca e Camarote; assista

Segundo o brother, não teria sido justo que os anônimos tiveram que encarar uma prova de resistência enquanto o desafio dos famosos exigia menos esforço

Eita! Pegou mal… A diferença entre as provas de imunidade para o grupo Pipoca e o grupo Camarote, do BBB22, não passou despercebida pelos brothers. Na madrugada desta sexta-feira (21), alguns dos participantes anônimos debateram sobre essa situação, já que os pipocas encararam uma prova de resistência, enquanto os famosos pegaram uma disputa mais leve e rápida.

Rodrigo, que fez dupla com Eliezer e resistiu por quase seis horas na prova, deu sua opinião: “A prova de imunidade já está injusta. Vamos ser sinceros? Não sei quem escolheu, mas…“. Bárbara, vencedora do desafio ao lado de Laís, tentou entender os motivos da produção.

Acho que eles tiveram que adaptar devido ao que aconteceu“, pontuou a moça. Como já se sabe, Arthur Aguiar, Jade Picon e Linn da Quebrada testaram positivo para a Covid-19 e só puderam entrar na casa nesta quinta-feira (20), três dias depois de seus colegas de confinamento.

Continua depois da Publicidade

Adaptar é uma palavra muito forte, mas eles já tinham um plano B, porque a Covid é uma coisa muito possível“, opinou Luciano, ainda sobre as diferenças entre as provas. A disputa de resistência durou mais de 12 horas, com as duplas Bárbara e Laís, e Luciano e Lucas aguentando até o final. Os meninos acabaram desistindo, o que garantiu a vitória das sisters.

Já a prova do Camarote, que rolou ontem (20), ao vivo, exigia habilidade e pontaria. Os competidores tinham que arremessar uma pequena almofada entre obstáculos e acertar um alvo posicionado do outro lado. Ainda durante o programa, ficamos sabendo os campeões: a dupla formada por Arthur e Douglas Silva levou a melhor e também está imune na votação de domingo (23).