Big Brother Itália: Brasileira Dayane Mello assume bissexualidade e paixão por sister, mas sofre preconceito na casa: “Meio lésbica”; assista

Parece que já vimos esse filme antes… Recentemente, Dayane Mello, finalista do “Grande Fratello VIP” – o “Big Brother da Itália” – surpreendeu ao declarar-se bissexual durante o reality. A modelo brasileira também confessou estar apaixonada por Rosalinda, uma colega de confinamento. Contudo, a reação dos brothers e sisters não foi nada amistosa…

Durante o programa ao vivo, Dayane foi questionada pelo apresentador sobre seu passado, quando ele afirmou que ela “já experimentou o amor com um homem e uma mulher”. Foi então que a finalista da atração falou abertamente sobre sexualidade, aproveitando o espaço para declarar-se para Rosalinda. “Falei das experiências que tive, sim. Sou muito convicta daquilo que me atrai e daquilo que faço, então é natural que eu diga que estou apaixonada por essa mulher”, admitiu.

De volta à rotina na casa, Dayane foi alvo de bifobia, tal qual aconteceu com Lucas Penteado no “BBB 21”. Os participantes logo começaram a duvidar da sexualidade dela e não tiveram receio de esconder isso. “Você é falsa da cabeça aos pés”, disparou uma competidora. “Tudo o que disse, é tudo falsidade, sobre sua amiga Rosalinda. Essa noite puramente inventou que a ama. Um grande conto. Vai puramente inventar que está apaixonada. Onde quer chegar? Não entendo”, prosseguiu ela.

Participantes do “Grande Fratello VIP” duvidaram da bissexualidade de Dayane Mello e acusaram-na de falsidade. (Foto: Reprodução/MediaSet Extra/Italia 1)

Continua depois da Publicidade

Para eles, a declaração sobre a bissexualidade tratava-se apenas de uma “estratégia” — exatamente o mesmo cenário que Lucas viveu. O posicionamento de Tommaso, um participante assumidamente gay, também traça um paralelo com o “Big Brother Brasil”, com falas parecidas ao discurso adotado por Lumena. “Na minha visão pessoal, é uma m*rda. O amor pela Rosalinda é uma m*rda. Eu estou na minha pele, vivi o que significa lutar por um amor do mesmo sexo. Chegar aqui e fingir…”, criticou ele.

Dayane não demorou a rebater os comentários. “Eu também vivi. Amor, eu vivi. O que você pensa? Você não sabe o que eu vivi na minha vida”, retrucou ela. Mas o brother conseguiu piorar a situação, explicitando ainda mais preconceito. “Você é meio lésbica. Para mim, é uma m*rda”, devolveu. Mas a brasileira não desceu do salto. “Não sou meio lésbica, sou o que quiser. Eu sei quem amei e sei minhas experiências. Sei o que senti pela Rosalinda”, defendeu-se ela.

Continua depois da Publicidade

Tommaso seguiu insistindo que ela não poderia declarar seu amor a quantas pessoas quisesse, nem a quem quisesse. “Você não pode, dentro de um Big Brother, dizer a todo tempo que gosta de uma pessoa”, retrucou ele. Até que Dayane perdeu a paciência de tentar raciocinar. “Tommaso, já te expliquei. Se você quiser entender, ok. Senão, problema seu”, reclamou a modelo.

Assista aos vídeos abaixo:

BBB21: Quem você quer que seja eliminado?

  • Karol Conká (99%, 147.036 Votes)
  • Arthur (1%, 1.001 Votes)
  • Gilberto (0%, 381 Votes)

Total Voters: 148.418

Vote

Carregando ... Carregando ...

Pela web, o público brasileiro que acompanha o reality também se revoltou com a forma como Dayane tem sido tratada. “O brasileiro chocado com a xenofobia contra a Juliette e a bifobia contra o Lucas, enquanto isso tá a Dayane na Itália sofrendo os dois com uma pitada de machismo e pressão psicológica”, observou uma fã da sister.

Outro perfil comparou: “Trajetória da Dayane Mello no BB da Itália – xenofobia, machismo, traição e bifobia. Hoje ela se assumiu bissexual em plena Itália conversadora e um dos participantes invalidou a sexualidade dela, como a Lumena fez com o Lucas”. No geral, foram várias as reações e manifestações contra os diversos preconceitos disparados à modelo. Confira alguns comentários abaixo:

Continua depois da Publicidade

Continua depois da Publicidade