Causa da morte precoce do ator Harry Hains, de “American Horror Story”, é divulgada; saiba os detalhes

Meu Deus, que tristeza! Nesta segunda-feira (9), o Instituto Médico Legal de Los Angeles divulgou o motivo da morte do ator Harry Hains. O artista faleceu precocemente aos 27 anos, no início do mês de janeiro.

De acordo com o médico legista responsável por examinar o corpo do jovem, Harry morreu por causa de uma “intoxicação acidental por fentanil”. O opioide é utilizado como uma medicação para a dor e também pode ser usado juntamente com outros remédios para a anestesia. Segundo uma pesquisa divulgada pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), divulgada em janeiro, a droga é considerada a mais mortal entre os norte-americanos.

Continua depois da Publicidade

A notícia do falecimento foi dada pela própria mãe dele, Jane Badler, nas redes sociais. Ao lado de vários fotos do filho, ela explicou o que aconteceu, dando a entender que Harry havia sofrido uma overdose. “No dia 7 de janeiro, meu lindo filho morreu. Ele tinha 27 anos e o mundo a seus pés. Mas, infelizmente, ele lutava com uma doença mental e vício”, contou ela na legenda.

Continua depois da Publicidade

Harry nasceu no dia 4 de dezembro em Melbourne, na Austrália. Ele se mudou para Los Angeles para seguir carreira artística e começou a atuar profissionalmente em 2013. O jovem participou de curtas-metragens, filmes e fez participações em séries como “The Deleted”, “American Horror Story”, no quarto episódio da quinta temporada, e “The OA”, como Noah, no primeiro episódio da segunda temporada.

Harry em “American Horror Story” (Foto: Reprodução/FX)