De Férias com o Ex Celebs: Eita! Primeiro episódio tem pegação, tretas e troca de alfinetadas: “Tô de saco cheio de tu”; confira!

A nova temporada do “De Férias com o Ex Brasil: Celebs” já começou do jeitinho que o povo gosta: com muita pegação e treta! No episódio que foi ao ar nessa quinta-feira (8), Caíque Gama e Ingrid Ohara mostraram que não perdem tempo e já deram uns beijos durante a festinha de recepção dos participantes. Vrau!

Acontece que entre os “ilhados”, está Gabily, que é uma das ex-namoradas do músico. “Achei que ex entrava durante o programa e no elenco, comigo, já tem uma ex minha. F*deu”, declarou o Caíque. Apesar disso, a cantora não pareceu se incomodar ao ver o antigo peguete se atracando com outra.(Ele) é do mundo”, comentou ela.

Rico Melquiades, por sua vez, resolveu avisar Ohara sobre o antigo affair do ex-integrante da banda Fly. “Amiga, não se joga no Caíque, ele tinha um romance lá fora com a Gabily. Ela não está chateada [com você], tô falando por ele, que está aqui para curtir, e você também! Não se entregue, não se envolva”, aconselhou o criador de conteúdo.

Continua depois da Publicidade

As horas foram passando e o tablet do terror convocou Caíque e Ingrid para um date. Durante o jantar, o clima de azaração azedou assim que a influenciadora confrontou o artista sobre o caso com Gabily. O rapaz explicou que a funkeira ainda tinha “um carinho” por ele — o que ela confirmou, mas deixou claro que isso não o impedia de ficar com outras pessoas.

Ohara, entretanto, ficou com um pé atrás. Na volta para casa, a blogueira decidiu avisar a amiga sobre o envolvimento com Caíque, que não se animou. “A partir do momento que uma pessoa que tem um sentimento por mim, que talvez não seja recíproco, e está me atrapalhando com uma pessoa nova, isso não é legal”, disparou Gama.

A primeira treta

A noite caiu e a galera se juntou na piscina. Entre uma conversa e outra, veio à tona o tal “carinho” de Gabily por Caíque. A cantora então confessou que ainda tem sentimentos pelo colega de profissão, mas mesmo pressionada pelos amigos, não quis ficar com o rapaz. Ao escutar o relato e assistir à cena, Marina Gregory comentou: “Não tenho paciência”.

Aí o negócio ficou tenso. “Qual é a fofoca? Não tem paciência por quê? Meu amor, você não viveu minha história pra saber por que eu não estou indo [beijar Caíque], confrontou a funkeira. “Não preciso viver sua história, tu não está nem curtindo a festa. Abaixa o tom, querida”, devolveu a campeã do The Circle Brasil.

O povo adora uma confusão, né?! (Foto: Reprodução/MTV)

A ex de Gama então insistiu e quis saber os motivos de irritação da carioca, que respondeu na lata: “Estou sem paciência com a situação toda. Você quer que fale? Então tá, tô de saco cheio de tu porque não gosto de você, acabou!”.  Surpresa, Gabily, que recebeu muitos elogios da influenciadora anteriormente, pediu uma justificativa para a tal inimizade. “Você era maravilhosa, mas é isso, convivência, meu amor. Não bateu a vibe, tu é muito dramática”, destacou Marina.

A funkeira se irritou com a troca de farpas e abandonou a festa, mandando o seguinte recado: “Para vocês, tem graça mulher que chega aqui fazendo o car*lho para agradar. Não vou fazer, ponto final! Não vou mudar o meu jeito para agradar ninguém, vai tomar no c*”, disparou a compositora. Apesar da tensão, ambas se acalmaram e logo fizeram as pazes. “Entendi seu jeito, peço perdão se me equivoquei”, disse Gregory. “É o meu jeito, estou me jogando e feliz de estar aqui com pessoas diferentes. Acima de tudo, empatia e respeito”, pediu a artista, por fim.

Continua depois da Publicidade

Pergunta polêmica

O episódio ainda foi marcado por um comentário controverso feito por Pedro Ortega. O veterano se mostrou surpreso demais ao descobrir que Tarso Brandt é um homem trans. “Eu sou mais hétero. Gosto mais de mulher, mas já fiquei com homem. Tive uma experiência na minha vida que eu pude vivenciar os meus dois lados numa única existência. Eu sou trans”, declarou o ator, durante o papo.

Ortega reagiu com uma pergunta considerada transfóbica por muitos internautas: “Tu tem pinto ou não? Não tem? É xereca normal? Eu nunca conversei com um trans abertamente”. Imediatamente, Matheus Pasquarelli interferiu, avisando que a pergunta poderia soar ofensiva. Tarso, por sua vez, afirmou ao Notícias da TV que não recebeu a questão com constrangimento.

O artista sentiu que Pedro o questionou sem apontar qualquer traço de preconceito, apenas denotando dúvida sobre o tema. “A gente conversou de tudo [no programa], por ser uma galera mais jovem. Muita gente não sabia o que é ser trans, não fazia parte do mundo da pessoa, queria saber como funcionava. A gente teve uma troca muito saudável de informação”, avaliou.

“Levo a curiosidade como uma das armas mais poderosas da gente. Amo curiosos, amo compartilhar tudo. Gosto de conversar de uma maneira mais natural, explicando que são mudanças que você faz na sua vida de acordo com os seus valores, o que você sente, o que você é”, completou. Assista a trechos do episódio abaixo: