Déa Lúcia canta e faz homenagem EMOCIONANTE a Paulo Gustavo no “Criança Esperança”: “Consegui, filho!”; assista

De arrepiar! Déa Lúcia, mãe do saudoso Paulo Gustavo, foi uma das convidadas especiais a participar do “Criança Esperança 21”, que aconteceu na noite dessa segunda-feira (23). Durante o encerramento do evento, a professora aposentada subiu ao palco e prestou uma homenagem pra lá de especial ao humorista, que faleceu em maio após uma longa batalha contra complicações da Covid-19.

“Paulo Gustavo não dava conselhos, seu modo de ser e de viver era o próprio recado. Ele era a própria esperança. O humor era uma forma de viver, que troca as lamentações pela graça, a piada, a generosidade e o trabalho firme. Passou a mocidade sorrindo em sua passagem acelerada e luminosa entre nós“, lembrou Dona Déa, visivelmente comovida.

Continua depois da Publicidade

“Ensinou e mostrou, de verdade, que rir é um ato de resistência, uma forma de amar o próximo, um ato de coragem. Acreditava que finda a tempestade, o sol sempre nascerá. E que não é preciso procurar muito para encontrar alguém para amar. E fez isso tudo sorrindo”, continuou a mãe do ator, que na sequência, se apresentou ao som de “O Sol Nascerá”, hino de Cartola, junto de Ivete Sangalo e Iza. Ao final da performance, Déa olhou para o céu e celebrou: “Consegui, meu filho!”.

Como se não bastasse, a matriarca ainda aproveitou os segundos finais da transmissão para fazer um discurso acalorado sobre a importância da saúde e da educação. “Meu coração tá batendo. Pela educação, que é a base do nosso país. Ninguém sobrevive na vida sem educação. E os nossos políticos têm que entender isso! A educação é prioridade. Educação e saúde!”, frisou ela.

Outras performances

A noite ainda foi marcada por outras performances incríveis de artistas como Ludmilla e Iza, que entregaram um mashup de “Favela Chegou” e “Gueto”. Elas arrasaram demais no gogó e na dança! A mais nova cantora do pedaço, Juliette Freire, também gravou uma apresentação linda tendo Quixadá, Ceará, como cenário. A paraibana começou cantando “Disparada”, até que se juntou a Wesley Safadão para um dueto ao som de “Anunciação”. Tivemos também Luan Santana e Isadora Pompeo emocionando o público com a música “Ninguém Explica Deus” e Emicida, Majur e Drik Barbosa com o hino “AmarElo”. Confira:

Ludmilla e Iza

Juliette e Wesley Safadão

Luan Santana e Isadora Pompeo

Emicida, Majur e Drika Barbosa