“Euphoria”: Conselho de pais pede para HBO tirar série do ar e Zendaya se manifesta sobre classificação etária; vem ver!

Vixee!! As polêmicas envolvendo “Game of Thrones” mal terminaram e a HBO já tem outro pepino pra resolver… A esperada estreia da série “Euphoria” causou muito nos EUA, principalmente pelas cenas explícitas de sexo e uso de drogas. A repercussão tem sido tão grande, que a protagonista Zendaya precisou se manifestar nas suas redes sociais sobre a real mensagem do programa e a classificação etária. Eitaa!!

A série, que é produzida pelo cantor Drake, mostra o universo de um grupo de adolescentes que se envolve com drogas, tem uma vida sexual muito ativa e que enfrenta diversos traumas familiares. Como as prévias já adiantavam, e até mesmo as entrevistas dos atores e da produção, o programa quer mostrar uma realidade “nua e crua” e, por isso, as cenas são bem gráficas comparadas ao que estamos acostumados a ver na TV.

O Conselho de Pais da TV norte-americana, que funciona como um termômetro da classificação dos programas e sobre o conteúdo deles, reagiu rapidamente ao piloto da atração. Em um comunicado público, eles pedem que a série seja tirada do ar devido seu conteúdo ser considerado uma má influência para os jovens.

Assim como a MTV fez com ‘Skins’ e como a Netflix está fazendo com ’13 Reasons Why’, a HBO, com seu novo programa centrado no ensino médio, ‘Euphoria’, parece ser abertamente e intencionalmente um marketing de conteúdo adulto extremamente gráfico – sexo, violência, palavrões e uso de drogas – para adolescentes e pré-adolescentes”, disse o presidente do grupo, Tim Winter, ao acrescentar que apesar da classificação ser para adultos, será o público adolescente que terá interesse no programa e irá encontrar uma forma de assisti-lo.

“Euphoria” Fotos: reprodução/HBO

Brian Walsh, executivo da Foxtel, uma das produtoras da série, não achou as reclamações coerentes e resolveu se manifestar publicamente sobre o comunicado do conselho. “Essa série não é para todo mundo. Não é para o seu filho de 14 anos. A classificação é um aviso para os usuários do streaming e há uma boa razão para a série estar na faixa noturna. A série nem sempre é fácil de assistir e não há dúvidas que ultrapassa limites, mas é provocativa, autêntica e inesquecível”, rebateu.

Quem também precisou sair em defesa do programa foi Zendaya, protagonista de “Euphoria”. Em suas redes sociais, a estrela deixou uma mensagem falando sobre o que esperar da série e para qual público era indicado. “É um retrato bruto e honesto de dependência, ansiedade e as dificuldades de navegar na vida hoje. Há cenas que são gráficas, difíceis de assistir e que podem ser um gatilho para algumas pessoas. Por favor, observe apenas se você acha que pode lidar com isso. Faça o que é melhor para você. Eu ainda vou amar você e sentir seu apoio“, escreveu.

View this post on Instagram

Please read

A post shared by Zendaya (@zendaya) on

O fato é: com tanta repercussão, nós ficamos ainda mais curiosos para ver de perto o programa!! E vocês?