“Game of Thrones”: Kit Harington fala de “momento p*ta m*rda” em conflito final: “Uma das coisas mais difíceis que filmamos”

O tempo passa, mas Kit Harington não se esquece de seus dias em “Game of Thrones”. Numa entrevista ao The Hollywood Reporter divulgada hoje (19), ele opinou sobre os finais inesperados – e controversos – de Jon Snow e de Daenerys. Para nossa surpresa, ele revelou que teve de refletir muito sobre a cena final de Dany… que foi gravada em duas semanas! Haja comprometimento.

De acordo com o astro, foi um verdadeiro esforço ter que entregar a mesma energia todos os dias. “Quando você está filmando a mesma cena por duas semanas e é uma página e meia, isso se torna um grande exercício de concentração… Você tem de lembrar a energia que você está trazendo, todos os dias, e ter certeza de que está consistente”, contou Kit sobre seus esforços.

Game of Thrones, temporada 8, Episódio 5 (Foto: Divulgação/HBO)

Para Harington e para toda a equipe, gravar a tal cena pode ter sido um dos maiores desafios de toda a produção. “Com uma cena com uma carga emocional como aquela, é bastante para todos. Para a equipe, para mim e Emilia”, recordou ele, que adicionou que foi bastante “cansativo”. “Foi uma das coisas mais difíceis que filmamos”, concluiu.

Quanto à decisão de sua personagem, ele entende que a escolha de Jon ao matar Daenerys foi em prol de sua família mais próxima. “Ele escolhe as pessoas com quem ele cresceu, as pessoas com quem suas raízes estão, o Norte. É onde a lealdade está, no final. É onde ele coloca a faca”, refletiu o ator. Onde literalmente coloca, né? Rs

Nosso crush (e da Dany, né?), Jon Snow. (Foto: Helen Sloan/Divulgação/HBO)

Como aconteceu com muitos dos artistas da série, nosso Jon também ficou em choque com essa morte e esse “momento p*ta m*rda”. “Eu fiquei completamente surpreso por isso, mesmo que você meio que possa prever o caminho através da temporada, como estava chegando lá – e mesmo as temporadas antes disso, uma vez que você pode olhar para trás. Mas ainda foi um grande choque para mim”, explicou ele.

Por fim, nosso Joãozinho das Neves demonstrou seu momentinho “invejoso” sobre o grande conflito final: a morte do Rei da Noite. “Eu fiquei um pouco chateado, só porque eu queria matar o Rei da Noite! Eu acho que eu me senti como todos se sentiram, em que isso tinha sido estabelecido por um bom tempo, e depois eu não fiz isso”, declarou Kit. De qualquer forma, ficamos sem ressentimentos: “Mas eu fiquei muito feliz por Maisie e Arya”.

Seja a favor, seja contra, essa oitava temporada de “Game of Thrones” entrou para a história. A gente só não imaginava que essas cenas teriam sido tão complexas, né? Mas tudo faz bastante sentido…