How To Get Away With Murder: OMG! Sexta temporada volta com dois funerais (!), reviravoltas e morte suspeita; Atriz deixa elenco fixo da série! Vem saber tudo!

[ALERTA DE SPOILERS!!! MUUUITOS SPOILERS!] A temporada final de “How To Get Away With Murder” estreou ontem (26) nos Estados Unidos, e só temos uma coisa a dizer: estamos MUITO preocupados com o destino da nossa maravilhosa Annalise Keating (Viola Davis)! Durante o episódio, vemos dois funerais sendo feitos para a advogada poderosa… um imaginário, e outro que parece ser (bem) real! Como nem tudo é o que parece na série, vamos manter a esperança, né?

A hora abre no local de um enterro. Connor, Oliver, Michaela, Asher, Bonnie, Frank e Nate estão parados na frente de um caixão. “Estamos livres agora”, diz Bonnie. Amada?! Então, uma versão um pouco mais velha do filho de Laurel, Christopher, corre até o caixão antes que todos possam impedi-lo, abrindo-o e revelando o corpo de Annalise. Christopher aponta uma arma para o rosto dela e diz: “Continue morta, v***a!”. Então, a Annalise do caixão abre os olhos… e nós descobrimos que tudo isso está se passando na cabeça da própria advogada. UFA! Amiga, que pensamentos sombrios, hein?

Em seguida, descobrimos que a personagem de Viola Davis está internada em uma clínica de reabilitação desde que Laurel sumiu, e a visualização de seu funeral era parte de um exercício terapêutico em grupo. Através de flashbacks, nós descobrimos que Annalise foi a um bar depois que Laurel desapareceu, e recebeu a ligação de Tegan dizendo que Emmett Crawford morreu. A partir daí, a advogada foi ao fundo do poço, bebendo vodca e passando para drogas como cocaína, MDMA e fentanyl com um estranho no banheiro (!!!). Ela finalmente apagou no chão da pista de dança e foi levada ao hospital, onde implorou que Bonnie lhe ajudasse a tratar o vício. Desgraça pouca é bobagem!

No entanto, dias depois, a advogada não está interessada no processo de recuperação, evitando fazer os exercícios recomendados na clínica, ou amizades com outras pessoas internadas. Finalmente, Annalise baixa a guarda para sua companheira de quarto, Sally, após esta confessar que odeia ser mãe e gostaria de fugir para sempre. “Meu nome é Annalise Keating. As pessoas acham que eu matei o meu marido, mas eu não matei. Eu ajudei a encobrir [o crime]”, admite. Ainda bem que Sally não dedura Annalise. Após ouvir a confissão, a companheira de quarto repete o mantra da clínica: “Annalise, eu vejo você e eu amo você”. 

Em uma sessão de terapia privada, Annalise insiste que é uma pessoa egoísta. No entanto, sua terapeuta sugere que ela não é egoísta o suficiente, e não poderá sarar até que comece a se priorizar e se amar. No quarto, a advogada faz um discurso poderoso para si mesma: “Você não é um fracasso. Você não é lixo. Você não é fria. Você não é uma v***a. Você não é feia. Você não é nojenta, você não é uma puta! Você não é suja! Você não é mimada! Você não é um monstro! Você merece ser amada, e tocada, e sentida! Você merece ser livre!”. Para completar, ela acrescenta: “Eu perdoo você!”.

View this post on Instagram

It’s time to bury the lies. #HTGAWM

A post shared by How to Get Away with Murder (@howtogetawaywithmurder) on

Após este grande momento catártico, Annalise se sente bem o suficiente para voltar para a Filadélfia, sabendo que tem pessoas que precisam dela. No entanto, ela não está interessada em resolver o desaparecimento de Laurel, e sequer está preocupada com a investigação do FBI. Ao invés disso, ela reúne Michaela, Asher, Connor e Oliver na própria casa e os encoraja a fazer a mesma terapia que ela fez na clínica, implorando para que eles enterrem “todas as mentiras e o medo, a culpa e a vergonha” dos últimos anos.

Asher fala primeiro: “Você é um cara bom, Asher!”. Connor é o próximo: “Há coisas boas em mim!”. E Oliver diz: “Eu sou um homem forte, confidente e poderoso!”. Apesar de Michaela não querer participar no início, ela cede e afirma: “Eu escolho eu mesma — então tchau, Laurel. Você está morta para mim!”. Eita, gente!

Annalise pergunta, então, se todos se sentem melhor… e Asher responde que se sentiria muito melhor se Annalise contasse a Michaela o segredo que ela tem guardado. As duas ficam confusas, e Asher esclarece: “Annalise conhecia o seu pai biológico”. OMG! “Se isso for verdade, eu vou matar você”, Michaela ameaça a professora.

A cena corta para uma flash-forward bastante vago, com uma parede suja de sangue. Então, outro funeral aparece, e algumas pessoas estão reunidas em torno de um caixão. Enquanto o padre reza, nós vemos a foto de Annalise cercada de flores. “Nós pedimos a você, ó Senhor, para dar paz a nossa querida Annalise. Amém”, diz o padre. NOS RECUSAMOS A ACREDITAR!

Outras coisinhas que rolaram no episódio…

— Com a morte de Emmett, Tegan se tornou sócia na firma Caplan & Gold. No entanto, Nate suspeita que a advogada esteja por trás da morte do ex-chefe, já que o corpo de Emmett foi transferido de volta para Londres para uma autópsia — e Tegan assinou os papéis da transferência. Estranho, né? Além disso, ela parece estar mais envolvida com Jorge Castillo do que aparentava… Vixe!

— A localização de Laurel continua um mistério, e os protagonistas têm diversas teorias para onde ela foi. Connor, por exemplo, está convencido que Laurel fugiu, mas Frank se recusa a acreditar, porque ele duvida que a amada deixaria a girafinha de pelúcia de Christopher, que precisa do bichinho para dormir. Awn! Frank e Bonnie relataram o sumiço para as autoridades. Enquanto a polícia investigava a casa, Frank nota algo saindo de um porta-retratos com a foto de Laurel e Christopher. Após pegar o objeto nas mãos, Frank descobre um pequeno envelope, que contém uma chave prateada. Mais um mistério aí, hein?

Vale dizer que, hoje (27), foi anunciado que a atriz que interpreta Laurel, Karla Souza, não integra mais o elenco fixo da série. Pelo visto, esse sumiço vai durar! É previsto que Karla faça duas ou três aparições pelo resto da produção. Ficamos #aflitos.

— Michaela e Gabriel se acertaram! E apesar de ele continuar mentindo para a mãe, Vivian, que está estudando na University of Virginia, a matriarca já descobriu a verdadeira localização do filho. Vivian aparece em um carro estacionado na frente do apartamento de Gabriel, olhando para o quarto dele. Mais tarde, vemos ela se mudando para o próprio apartamento. Uma das caixas tem a etiqueta: “Dr. Sam Keating — Caso 2882”. Então, Vivian recebe uma mensagem de um número desconhecido: “Annalise está de volta”. Essa série não é Grey’s Anatomy, mas a gente só tem uma coisa a dizer: PAGE CARDIO!