MasterChef Brasil 8: Rivalidade entre Sérgio e Eduardo chama atenção e eliminação chateia internautas – confira

Tretas e decepções marcaram o mais novo episódio de “MasterChef Brasil 8“, exibido na noite desta terça-feira (27)! Logo na primeira parte da atração, os participantes receberam a visita de Felipe Titto, que anunciou uma prova diferentona, que mexeu com o coração dos cozinheiros.

Na dinâmica, a primeira em grupo da edição, os chefs foram divididos entre em duas equipes, cada uma encarregada de preparar 150 marmitas, que mais tarde seriam distribuídas para pessoas menos favorecidas. Durante as 2h na cozinha, os ânimos ficaram muito agitados e a possibilidade de estender a mão ao próximo emocionou muito os candidatos.

O publicitário Tiago Souto, principalmente, ficou muito impactado com a ação. “Cozinhar imaginando uma pessoa tendo um alívio ali naquele dia, com uma comida bem feitinha, com carinho, é muito importante”, desabafou ele, visivelmente emocionado. Espia só:

Ao fim da prova, as 300 refeições foram doadas à instituição “O Amor Agradece”, que acolhe e auxilia pessoas necessitadas e em situação de rua.

Continua depois da Publicidade

Rivalidade entre Eduardo e Sérgio

Após discussão ferrenha, que precisou do auxílio de Ana Paula Padrão para ser resolvida no terceiro episódio, Eduardo e Sérgio voltaram a se estranhar ao se enfrentarem como capitães da prova em equipe. Eduardo, que levou a melhor na prova do donuts na semana passada, ganhou o direito de liderar um grupo e escolher quem comandaria o outro – fazendo jus à crítica que fez ao colega no episódio passado, quando o chamou de “autoritário”, o universitário deu a missão para Sérgio, alegando não ter vontade de trabalhar com ele.

Os demais participantes escolheram o time na sorte: cada um abriu uma caixinha de marmita e lá encontrou a cor de sua respectiva turma. Liderados pelo ex-MasterChef Junior, o time vermelho se destacou ao agradar o paladar dos jurados Helena Rizzo, Henrique Fogaça e Erick Jackin com um cardápio formado por purê de batatas, verduras refogadas e picadinho de carne. O time azul, por sua vez, preparou um penne ao molho vermelho e frango assado e apesar de elogiado pelos jurados, levou a pior desta vez.

Continua depois da Publicidade

A rixa entre a dupla, no entanto, dividiu as opiniões dos internautas, que lotaram o Twitter de comentários sobre o assunto. Confira as melhores reações:

Continua depois da Publicidade

Continua depois da Publicidade

Eliminação chateou internautas

Para ganhar o direito de passar mais uma semana na cozinha da competição culinária, os cozinheiros amadores Sérgio, Isabella, Juliana N., Amanda, Kelyn, Tiago e Pedro tiveram de fazer um croque monsieur – versão francesa do misto-quente brasileiro. Apesar de nunca ter nem ouvido falar sobre o tal sanduíche, Sérgio conquistou a vitória.

Kelyn, Isabella e Amanda garantiram vaga no mezanino, mas sem muitos elogios dos chefs e, por fim, decidiram salvar Tiago, o que causou a eliminação de Juliana N. O resultado, no entanto, causou polêmica na web, bem como a sorte de Cristina, que foi salva pelos colegas pela terceira vez desde o início da atração.

 

Os memes sobre o assunto tiveram até comparações com a trajetória de Viih Tube no “BBB21”. “Cristina vai ser a Viih Tube da edição, vai quase chegar na final, só sendo salva pelos outros”, escreveu uma usuária do Twitter. “É muito injusto essa Cristina sempre ser salva sem fazer absolutamente nada”, salientou outro. “Que a Ju fala muito, todo mundo sabe. Mas é muito injusto ela ser eliminada. Enquanto isso Cristina segue intacta pela caridade”, disparou uma terceira.

Já a partida de Juliana N. deixou o público triste, pois a “gaúcha de coração” foi comparada à Penélope, do “Castelo Rá-Tim-Bum”, interpretada pela atriz Ângela Dip. A personagem era uma jornalista que se vestia de cor-de-rosa dos pés à cabeça. O corte de cabelo, a voz e o jeito manso de falar fizeram com que o público enchesse o Twitter de comparações com a estilista e cozinheira do talent show. Veja só as reações:

Continua depois da Publicidade