Fotojet (1)

Monalisa Perrone sai em defesa de Daniela Lima ao vivo na CNN Brasil, após ataque de Bolsonaro: “Inaceitável!”; assista

Apoio entre colegas! Nesta quarta-feira (2), a apresentadora do “Expresso CNN”, Monalisa Perrone, abriu o programa de uma forma inédita. Ao invés de dar início às pautas do dia, a profissional manifestou seu repúdio ao ataque feito pelo presidente do país, Jair Bolsonaro (sem partido), contra a jornalista Daniela Lima.

“Hoje, a abertura do ‘Expresso CNN’ é diferente. Eu, como mulher e jornalista com 28 anos de carreira, repudio com veemência os ataques que a minha colega Daniela Lima tem sofrido. Preciso terminar dizendo algo: Inaceitável”, declarou Perrone ao vivo.

Continua depois da Publicidade

Ontem (1º), Jair Bolsonaro, que tem um longo histórico de ataques a jornalistas, em sua maioria mulheres, encontrou um novo alvo – a âncora da CNN Brasil Daniela Lima, que foi xingada de “quadrúpede” sem rodeios pelo mandatário. Em seu retorno ao Palácio da Alvorada no fim da tarde , o político parou para bater papo com seus apoiadores. Durante a conversa, uma mulher que estava presente no local citou, de forma distorcida, uma fala da jornalista na edição de 26 de maio do programa “CNN 360º”.

“Não saia daí porque agora, infelizmente, a gente vai falar de notícia boa, mas com valores não tão expressivos”, declarou a repórter. Lima comentou, na época, o saldo positivo divulgado pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), de vagas de trabalho formal abertas em abril no Brasil. Apesar dos 120.935 empregos com carteira assinada criados no mês, o número ainda foi o menor registrado ao longo de 2021.

Os apoiadores do mandatário então distorceram as palavras da apresentadora e compartilharam nas redes sociais vídeos contendo apenas a primeira parte da frase (“infelizmente, a gente vai falar de notícia boa”), sem a conclusão do raciocínio. Após ouvir o comentário incompleto, repetido por sua apoiadora, Jair Bolsonaro xingou a jornalista, sem citar o nome dela.

Continua depois da Publicidade

“‘Infelizmente, somos obrigados a dar uma boa notícia, mas não é tão boa assim não'”, ironizou ele. “É uma quadrúpede”, disparou, aos risos. O mandatário também insinuou que a jornalista teria votado na ex-presidente Dilma Roussef, do Partido dos Trabalhadores (PT), no passado e não perdeu a oportunidade de também ofendê-la. “Afinal de contas, acho que não preciso dizer de quem ela foi eleitora no passado, né? De outra do mesmo gênero”, concluiu. Além da postura absurda de Bolsonaro, Daniela Lima tem lidado com vários ataques de bolsonaristas nas redes sociais.

No Twitter, Daniela Lima reagiu ao posicionamento da amiga no “Expresso CNN”. “Um presente pra vida inteira”, escreveu. Outros internautas também se manifestaram. “Monalisa Perrone agiganta o jornalismo e joga luz na admiração que temos por ela e pela também brilhante @DanielaLima_”, compartilhou uma usuária da rede social. “Monalisa Perrone nem é gente. É anjo”, elogiou um rapaz. “É muito fácil atacar jornalista quando um governo está perdido”, alfinetou Ivan Sgarabotto, referindo-se à gestão de Jair Bolsonaro.