Natuza Nery chora ao vivo na GloboNews ao comentar situação de Manaus, e faz discurso ARRASADOR contra governo: “Incompetência sem tamanho” — assista

O Brasil está com os nervos à flor da pele nos últimos dias — e não é para menos, a pandemia do coronavírus segue levando milhares de vidas todos os dias, e infelizmente, a gestão do país continua equivocada e ineficiente, para dizer o mínimo. Nesta sexta-feira (15), a jornalista Natuza Nery deu um bom exemplo do sentimento geral da nação, quando não conseguiu conter as lágrimas ao apresentar uma matéria a respeito da situação em Manaus, no Amazonas.

Durante o jornal “Edição das 18h”, a situação trágica da capital amazonense, que não tem cilindros de oxigênio para dar assistência aos pacientes de Covid-19, foi a principal pauta. Logo antes de anunciar a participação de Natuza Nery, a apresentadora Aline Midlej tinha acabado de ler os comentários lamentáveis do presidente Jair Bolsonaro sobre a situação, e a insistência em recomendar uso de medicamentos que não tem eficácia comprovada.

“A gente está sempre fazendo o que tem que fazer, né? Problema em Manaus: terrível o problema lá, agora nós fizemos a nossa parte, com recursos, meios”, declarou. “O ministro da Saúde (Eduardo Pazuello) esteve lá na segunda-feira, providenciou oxigênio, começou o tratamento precoce, que alguns criticam ainda”, encorajou o chefe de Estado.

Quando Aline se dirigiu para Natuza, a comentarista não conseguiu disfarçar sua emoção e a voz embargada. “Pois é, Aline. Eu queria me apegar nessa frase, esse trecho do presidente… Aliás, desculpa Aline, estou tão destruída mesmo que não dei boa noite. Preciso respirar”, falou, enquanto enxugava as lágrimas. “É duro, Natuza!”, afirmou a apresentadora, antes de citar que um outro colega passou por uma situação semelhante no ar hoje.

Continua depois da Publicidade

“É uma realidade tão brutal, tão surreal que a gente precisa de um tempo para entender que isso está acontecendo no país, com pessoas como nós, brasileiros como nós, então assim todo o nosso amor para você e a nossa gratidão por sua sensibilidade porque faltou isso por parte das nossas autoridades. É uma cadeia de responsabilidades com várias falhas no processo. A gente aqui tem a missão de identificar cada pedacinho da engrenagem que fez a máquina não funcionar”, discursou Aline.

Ainda emocionada, Natuza pediu desculpas aos telespectadores e deu continuidade com um discurso arrasador. “Eu queria focar numa frase do presidente que ele diz assim: ‘A gente está sempre fazendo o que tem que fazer’. É curioso porque eu não achava que o Governo Federal tinha que voltar a tributação de cilindro. Não achei que o governo tinha que encorajar que as pessoas se aglomerassem como reiteradamente foi feito durante todo esse período. Eu não achei que o Ministério da Saúde tinha que ficar ausente e gozar de uma incompetência sem tamanho durante todo esse período”, detonou.

Continua depois da Publicidade

Nery direcionou o discurso ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. “Não achei que o Ministério da Saúde pudesse dizer de viva voz que é preciso que se recomende remédio que não tem comprovação científica. Eu não imaginei que o Ministério da Saúde tivesse que autorizar um protocolo para o uso da cloroquina, protocolo esse que inclusive acabou sendo responsável pela demissão de dois ministros da Saúde num primeiro momento no pico da pandemia lá atrás”, lembrou.

As diversas falas e discursos de Jair Bolsonaro ao longo da pandemia, que chegou a dizer que a Covid-19 era uma “gripezinha”, foram bem lembrados pela jornalista. “Não achei que o governo tivesse que ser negacionista. Portanto eu achei que a declaração desse presidente é uma declaração falsa. Assim como as atitudes do governo não se limitam a liberar dinheiro”, disparou Natuza.

Nas redes sociais, o público se solidarizou com Natuza. “Quem acompanhou as notícias hoje, compartilhou desse mesmo sentimento da @NatuzaNery”, disse um rapaz. “Não precisa pedir desculpas, @NatuzaNery, todo mundo está contigo, estamos nos sentindo do mesmo jeito”, compartilhou Filipe Barini. “Pode chorar, @NatuzaNery. O Brasil inteiro também chora com tamanho descaso do Governo. Você é gigante, fada, força!”, apoiou outro internauta.