No “Conversa com Bial”, Anitta fala sobre relacionamento com Gui Araújo na quarentena e é pega de surpresa com sabatina sobre política! Vem assistir

Assim como vários outros programas de entrevista que continuam sendo exibidos atualmente, o “Conversa com Bial” se tornou remoto e Anitta foi uma das convidadas do programa dessa quarta-feira (20) através de uma chamada de vídeo. Durante o papo com Pedro Bial, a cantora comentou o que tem aprendido sobre política, falou sobre seu namoro com Gui Araújo – que até fez uma pontinha na atração -, e lamentou todos os planos de sua carreira que tiveram que ser cancelados neste ano.

Gui apareceu logo no começo, após a artista carioca explicar que os dois estavam morando juntos durante a quarentena e que os dois cachorros dele tinham se dado muito bem com os três dela. “Vem cá, namorado quando vive junto vira marido, você casou então”, afirmou o apresentador.

“Ai, não, pelo amor de Deus! Quando acabar a quarentena, cada um vai pro seu lugar de volta”, garantiu a cantora. “A gente fala sobre isso direto. Que a gente se conheceu ou da melhor forma possível, ou da pior que já enjoa de vez”, brincou o ex-participante do “De Férias com o Ex: Brasil”.

Anitta ainda detalhou que os dois não sabem como será o futuro da relação quando a pandemia passar. “A gente fica se perguntando como vai ser quando acabar. Porque a gente não conhece outra realidade, né. A gente já começou no meio da quarentena, então a gente tá se perguntando como vai ser quando acabar, a gente não sabe”, refletiu ela.

A empresária continua trabalhando mesmo de casa, agora com seu próprio programa no Multishow, mas esse não era seu plano para 2020. No papo, Anitta revelou que tinha um planejamento intenso de divulgação fora do país, principalmente por conta do Festival Coachella, onde iria se apresentar.

“Se não fosse a pandemia eu já estaria neste exato momento lá fora. Tinham várias coisas já marcadas e programadas para acontecer, programas de televisão… inúmeras coisas que eu já tinha marcado e que não aconteceu. Estamos tentando ver como é que vai ser feito, principalmente por conta do Coachella, a gente tinha bons frutos pra colher…”, lamentou ela, listando outros planos que tinha para o hemisfério norte.

“Turnê europeia, por causa do verão europeu, faria divulgação, lançamento de álbum, lançamento de clipe, faria vários programas de televisão gigantescos lá fora que quando veio o anúncio da pandemia, do cancelamento das coisas, foi uma semana que eu chorei muito”, desabafou.

No entanto, ela viu um lado positivo de tudo isso. “Eu também não teria essa oportunidade que eu tô tendo de cuidar de mim, de parar um pouco, de ficar em casa, de gostar de mim mesma, da minha companhia”, apontou.

Apesar da mudança de planos, a cantora contou que ainda pretende manter alguns lançamentos que já tinha preparado para este ano. [Música] feita durante a quarentena não tem, mas já tinham coisas que eu fiz antes da quarentena e tava trabalhando pra conseguir botar tudo em ordem nesse momento, graças a Deus, e aí a gente tá agora preparando o lançamento de coisas que a gente já tinha prontas”, revelou.

“Também gravando algumas coisas em casa, mas ideias diferentes do que a gente já viu até agora, então eu tô trabalhando muito. Arrisco dizer que eu tô trabalhando mais hoje do que quando não tinha quarentena”, completou a musa.

Por fim, Anitta falou sobre sua presença cada vez maior em questões políticas e admitiu que está procurando saber cada vez mais sobre o assunto para poder se posicionar com mais convicção. “Eu não vou fingir que eu sei, eu tenho pavor disso, eu nem consigo fingir. E acho tão importante porque a gente tá vivendo um momento tão crítico, tem tanta briga política acontecendo e na internet as pessoas tão cobrando tanto que a gente tenha uma posição”, explicou.

“Eu fiquei pensando: ‘Como eu vou ter uma posição se eu não entendo nada do que tão me pedindo pra ter uma posição? Eu preciso começar a entender’. E aí, não foi só eu, mas muita gente também não entende e também não tem esse acesso. Não só o público, mas tenho amigos famosos que me mandaram mensagem falando que não sabiam. Então trazer isso pra gente aprender de uma maneira fácil, porque parece que eles falam de uma maneira difícil pra gente já não querer se interessar”, acrescentou ela sobre a ideia das lives semanais de aulas com Gabriela Prioli.

“Ela é minha amiga há muitos anos e já me ensinava bastante desde quando as pessoas começaram a me cobrar posicionamento político. Ela é bem imparcial, ela não me ensina tendenciando a pensar igual ela, me ensina os dois lados, e eu que escolho minha maneira de pensar”, contou Anitta, sobre a amiga.

Durante a conversa, a cantora até foi testada sobre tudo o que estava aprendendo e mandou bem na “prova” de Pedro Bial:

Por fim, ela falou sobre a recepção dos seus fãs e como está encarando os comentários de quem tem posicionamentos diferentes aos dela. “Os meus fãs tão amando aprender, mas têm muito carinho por mim e eles ficam tristes quando veem crítica a meu respeito, muita ameaça, muita coisa negativa”, apontou.

“Porque tem os dois lados de você se posicionar, né. As pessoas que pensam diferente de você podem vir a te atacar de várias maneiras diferentes. Minha família e meus fãs se preocupam, mas eu sou uma pessoa que eu não tenho medo de nada, não”, garantiu.