“Amor de Mãe”: “Já acordei várias vezes apavorada pensando nisso”, conta Regina Casé sobre cena da novela

A primeira fase de “Amor de Mãe” está chegando ao fim! No próximo sábado (21), a trama sairá do ar, temporariamente, por conta da pandemia do novo coronavírus. Diante do quadro e da necessidade de isolamento social, a TV Globo não viu outra alternativa a não ser cancelar todas as gravações de sua dramaturgia.

Antes de se despedir por um tempo da novela, Regina Casé deu mais detalhes sobre o andamento da história, falou sobre a jornada de Lurdes e adiantou como acha que sua personagem vai reagir ao saber que Danilo (Chay Suede) é seu filho perdido, Domênico.

“Eu não posso nem imaginar… Eu já acordei à noite várias vezes apavorada pensando nisso”, admitiu a atriz, acrescentando que tem medo do momento não cumprir com seus próprios anseios e os do público. “Não há grito, choro, que eu faça que seja do tamanho que eu espero e que todo mundo espera”, declarou.

Além do reencontro com o filho, Regina ainda pensa em como será a reação de Lurdes com Thelma (Adriana Esteves), que comprou o menino na infância. “Eu tenho medo desse momento também porque a Lurdes gosta tanto da Thelma. Fico só imaginando como será…”, ponderou ela.

Mesmo sem saber a verdade, Danilo e Lurdes já dividem momentos de ligação na história (Foto: Reprodução/TV Globo)

Casé também refletiu sobre o sucesso da produção de Manuela Dias. “Acho que, como todos os trabalhos que tenho feito na Globo – e isso me orgulha muito -, ‘Amor de Mãe’ é uma novela que estica a corda no sentido da inovação. É um trabalho popular, mas que traz uma linguagem nova, além de temas importantes e que normalmente não estão colocados na tela”, elogiou.

“‘Amor de Mãe’ faz o público rir e chorar, mas, ao mesmo tempo, faz uma reflexão importante, forte e potente”, completou a intérprete de Lurdes, que teve um passado de muita luta, é mãe biológica, adotiva, perdeu filhos e sempre trabalhou para dar as melhores condições para sua família.

Lurdes é uma personagem muito querida na novela (Foto: Globo/Victor Pollak)

A atriz também foi só elogios ao refletir sobre sua personagem. “Logo que me apresentaram a Lurdes, eu vi que ela era uma personagem incrível. Mas eu não imaginava que ia chegar tão longe o nível de empatia, de carinho e de amor por ela”, confessou Regina, dando exemplos do que já viveu por causa da protagonista.

“A maneira como as pessoas me abordam o tempo todo nas ruas, são todas as classes sociais, pessoas que não viam mais novela, outras completamente noveleiras… Acredito que a Lurdes quebrou barreiras e chegou em todos os corações. É uma felicidade imensa ser um instrumento de amor em tempos tão difíceis”, valorizou a estrela.

A partir de segunda-feira que vem (23), entrará uma versão compacta de ‘Fina Estampa’, exibida originalmente em 2011, na faixa horária. A escolha chama atenção por se tratar de uma trama assinada por Aguinaldo Silva — desligado recentemente pela emissora — e estrelada por José Mayer — demitido por acusações de assédio. Para deixar o telespectador curioso com a segunda parte de ‘Amor de Mãe”, a Globo tratou de editar os capítulos desta semana.

Saiba mais sobre os acontecimentos intensos do capítulo de sábado (21), clicando aqui.