Header (37)

Pantanal: Devorado por sucuri?! Autor muda final de personagem; saiba tudo e entenda o porquê

O filho de Tenório (Murilo Benício) terá um desfecho diferente do exibido na novela original, de 1990, em que era devorado por uma sucuri

Uma grande mudança está por vir em Pantanal. Bruno Luperi, autor conhecido por entregar boas reviravoltas na novela, mudou o desfecho de um dos personagens em relação à versão original da história – e é por uma boa razão. Roberto (Cauê Campos), filho de Tenório (Murilo Benício), não morrerá devorado por uma sucuri, como aconteceu no folhetim de 1990, conforme informou a coluna de Patrícia Kogut, do O Globo.

A cobra seguirá presente na cena dos últimos momentos do rapaz. No entanto, na produção de 2022, ele será assassinado. A mudança é fundada na ideia de passar uma mensagem pela preservação ambiental aos telespectadores. Será enfatizado na trama que a serpente é “um bicho manso” que “não come gente” e, portanto, não deve ser atacada e abatida.

O personagem de Campos ainda está para chegar no remake. Os novos descendentes do vilão são fruto do relacionamento dele com Zuleica (Aline Borges), com quem tem também Renato (Gabriel Santana) e Marcelo (Lucas Leto).

Tenório E Filhos
Tenório (Murilo Benício) com a segunda família: Zuleica (Aline Borges), Roberto (Cauê Campos), Renato (Gabriel Santana) e Marcelo (Lucas Leto). (Foto: Divulgação/TV Globo)

Continua depois da Publicidade

Roberto será morto por Solano (Rafael Sieg), homem contratado por Tenório para balear José Lucas (Irandhir Santos). O filho do grileiro vai se deparar com o jagunço armado logo após o atentado e começará a fazer perguntas. Nervoso e receoso de ser descoberto, o homem vai tentar disfarçar e dizer apenas que o patrão pediu para conferir o funcionamento da arma.

Na sequência, Roberto resolverá fazer um passeio de barco. O capanga, então, vai fazer questão de acompanhá-lo para ter certeza de que o filho do vilão não desconfiou da verdade. E é nesta excursão nas águas que eles vão dar de cara com a sucuri. O personagem de Cauê Campos pedirá que o homem fique calmo e não provoque a cobra — sem sucesso. Solano não o ouvirá e tentará afastar o animal. O pistoleiro, então, vai cair na água acidentalmente.

Roberto tentará salvar o criminoso. Contudo, com medo da sucuri, Solano puxará o rapaz para a água, que acabará se afogando. O jagunço vai conseguir subir na embarcação novamente, mas perceberá que o filho do patrão não está mais com ele. Pouco depois, ele verá que Roberto está boiando desacordado e o colocará de volta no barco. O rapaz começará a cuspir a água que engoliu e reconquistará a consciência.

3987105 Caue Campos E Quem Vive Roberto Na Versa 950x0 2
Cauê Campos vive Roberto, filho de Tenório (Murilo Benício), em Pantanal. (Foto: Divulgação/Globo)

“Coitado. Morreu no abraço da sucuri. A gente se vê do outro lado”, vai dizer Solano, aproveitando a oportunidade para jogar o filho de Tenório de volta na água para que ele morra afogado. O assassino vai dizer a todos que o rapaz foi devorado pela cobra, mas muitos vão desconfiar da versão, justificando que isso só é visto em filmes. Enquanto isso, sucuris vão passar a ser mortas durante a busca pelo cadáver – o que será bastante criticado por aqueles que querem proteger os animais.

Depois de um tempo, o corpo de Roberto finalmente vai aparecer – sem ataques de sucuri. E é aí que Solano vai ficar em maus lençóis.