Fotojet (43)

Octavio Ocaña, ator de “Te Dou a Vida”, morre aos 22 anos, em tragédia cercada de mistérios no México; saiba detalhes

Triste notícia. Morreu na sexta-feira (29), aos 22 anos, o ator mexicano Octavio Ocaña. A princípio, foi divulgado que ele havia sido assassinado durante um assalto próximo à Cidade do México, mas o caso parece ter muitas perguntas sem respostas ainda…

A imprensa local relatou primeiramente que Octavio teria sido feito de refém durante um assalto e em seguida obrigado a dirigir em fuga, depois que oficiais em uma “blitz” sinalizaram que o automóvel parasse. A polícia mexicana iniciou uma perseguição, e em certo momento houve um disparo, até que o veículo bateu na lateral da estrada.

Segundo o site da BBC, a Procuradoria Geral da República do Estado do México informou que o jovem “perdeu a vida com um tiro na cabeça”. “O corpo foi encontrado dentro do carro que ele dirigia”, relatou. As autoridades ainda investigam o caso, e não souberam dizer ao certo por qual motivo atiraram no ator, e muito menos quem o fez.

Continua depois da Publicidade

No entanto, o caso tem deixado muitas dúvidas para o povo mexicano. Isso porque, em um vídeo que circula nas redes sociais, os policiais chegam no local do acidente, e embora Octavio Ocaña ainda esteja vivo e ferido, ninguém parece fazer muitos esforços para ajudá-lo. Ao contrário da nota divulgada pela Procuradoria, a imprensa reportou que o ator chegou a ser levado com vida para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. O relato foi confirmado horas depois pela polícia de Cuautitlán Izcalli, sob fortes protestos de irregularidades no comportamento dos policiais.

Outra versão

Em outro pronunciamento, a Procuradoria Geral da República do Estado do México relatou que Octavio Ocaña estava acompanhado de outros dois homens dentro do carro, e que eles não pararam quando policiais solicitaram, fazendo com que a perseguição se iniciasse. “Durante a perseguição, o motorista perdeu o controle do carro e bateu na lateral da estrada, onde o motorista foi encontrado com um tiro na cabeça”, detalhou.

“Um dos acompanhantes declarou que o motorista portava uma arma de fogo, que havia retirado do porta-luvas do veículo. Tanto as testemunhas que viajavam com o falecido, quanto os policiais municipais que tentaram parar o veículo, afirmaram que não houve troca de tiros”, continuou. Ao inspecionar o automóvel, as autoridades encontraram “uma arma de fogo, uma cápsula de tiro e evidências balísticas no teto da unidade, bem na altura do motorista”.

Continua depois da Publicidade

Segundo o depoimento destas duas pessoas que acompanhavam o ator e foram presas, todos se conheciam há muitos anos e estavam juntos há dias consumindo bebidas alcoólicas, dando a entender que Octavio estava bêbado no momento em que dirigia. Em entrevista para a imprensa mexicana, Octávio Perez, pai do artista, desabafou sobre as especulações feitas, e garantiu que o filho não estava alcoolizado. “Estou acabado porque eles tiraram parte da minha alma e da minha vida”, lamentou. Segundo ele, os dois acompanhantes no carro com o ator são pessoas “de toda sua confiança”. 

No sábado (30), a hashtag #JustiçaParaBenito – utilizando o nome de um dos personagens de Octavio, que era muito querido pelo público – ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter no México. Os internautas acusavam as autoridades de manipular o local do acidente, tendo como argumento um boletim policial, que dizia que o tiro havia atingido apenas a mão do ator. Eugenio Derbezm, criador e diretor da série “Vecinos”, da qual Ocaña fez parte do elenco, foi uma das pessoas que exigiram respostas esclarecedoras sobre as circunstâncias da morte do astro.

Homenagens

No Brasil, o público vinha acompanhando o trabalho de Octavio Ocaña na exibição que o SBT tem feito da novela “Te Dou A Vida”, em que ele interpreta o personagem Benito. Na sitcom “Vecinos”, ele deu vida ao mesmo papel entre os anos 2005 e 2008. Ocaña também esteve em “En Familia Con Chabelo (2005-2007)”, “La Familia P.Luche (2007)”, “Amor Letra por Letra (2008)” e “Hermanos y Detectives (2009)”. Octavio ainda conseguiu o prêmio ‘TV y Novelas’, um dos mais importantes do México, na categoria de melhor atuação infantil pelo trabalho em “Lola, Érase Una Vez (2007)”.

Continua depois da Publicidade

“Querido Octavio, ‘Benito’, obrigado por toda a alegria que nos deu. Sempre estará presente em nossa memória e nos nossos corações. Sua luz não se apagará nunca. Descanse em paz”, escreveu a emissora Televisa nas redes sociais. Nerea Godínez, namorada do ator e mãe de seu filho, compartilhou um longo desabafo emocionado sobre a partida trágica e precoce do artista.

“Queria encontrar a maneira correta de explicar ao nosso filho a sua ausência, a falta que você vai fazer no nosso dia a dia, que o ‘papai tavo’ não vai voltar para casa. Talvez ele ainda não entenda o significado do que aconteceu, ele simplesmente não vai te ver nunca mais. E isso faz meu coração despedaçado quebrar ainda mais. Você veio em nossa vida para ficar e assim será, embora agora de outra forma. De qualquer forma, peço que não nos deixe, que me acompanhe em meus sonhos para que aí possamos cumprir tudo o que almejamos. Eu te amo, Octavio, em cada milímetro do meu ser”, escreveu.