TV / Séries

Que emoção! Gisele Bündchen chora ao reencontrar amigas do vôlei e recria foto antiga com elas; vem ver

Raphael Amador - Publicado em 15/12/2018 às 21:20
Compartilhe: Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Pinterest Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no E-mail

Que emoção!!! O “Caldeirão do Huck” deste sábado (15) exibiu a tão aguardada surpresa que Luciano Huck e sua equipe prepararam para a diva Gisele Bündchen, que foi ao programa divulgar seu livro “Aprendizados”. O apresentador aproveitou a conversa sobre a biografia da modelo e resgatou uma foto de 1993 presente na publicação, em que Gisele aparece na companhia das colegas do time de vôlei de Horizontina (RS), cidade gaúcha onde nasceu.

Ao falar sobre suas memórias, a übermodel relembrou seu tempo de escola e confessou que o vôlei era a melhor lembrança que tinha da época. “Eu amava jogar vôlei, era muito legal, era o que me dava confiança, porque eu sofria bullying na escola. Eu era a Olivia Palito, muito magra. Eu tinha 1,78m quando tinha 13 anos e era um palito. E eu jogava vôlei e ficava um camarão. O vôlei me deu alguma coisa em que eu podia ser boa. Foi de 90 a 94 que eu joguei“, disse ela.

Era o que eu mais amava, porque eu jogava todo dia, era aquela coisa que me dava força, eu falava assim ‘é nisso que eu vou focar, é nisso que eu sou boa’“, acrescentou Gisele, antes de Luciano exibir no telão a foto dela ao lado das colegas. Sua irmã gêmea, Patricia, também fazia parte da equipe e apareceu no registro.

(Foto: Reprodução/TV Globo)

Luciano, então, contou que sabia o que tinha acontecido com as amigas que ela não encontrava há 25 anos, e a beldade foi às lágrimas quando o telão subiu e as colegas apareceram no palco, na mesma posição que estavam na foto. Veja algumas imagens do reencontro:

A gente chorou junto com ela! (Foto: Reprodução/TV Globo)

(Foto: Reprodução/TV Globo)

(Foto: Reprodução/TV Globo)

Depois, elas aproveitaram o momento e recriaram a foto antiga com todas reunidas no presente. Olha que demais:

(Foto: Reprodução/TV Globo)

No programa, a musa ainda falou sobre as crises de pânico que teve em sua carreira, aos 23 anos quando morava sozinha em Nova York, e que duraram por 9 meses. “Tem uma parte do livro que eu falo que os desafios são oportunidades disfarçadas, porque foi uma coisa tão difícil na minha vida, mas que me trouxe uma outra vida, outra oportunidade para ver a vida de uma forma diferente. (…) Meu mundo começou a ficar menor e eu não conseguia respirar em lugar nenhum, era no elevador, no carro, depois em túneis, avião. Tudo eu achava que ia morrer. Era uma ansiedade muito grande“, relembrou.

Gisele afirmou que só melhorou quando começou a praticar meditação e yoga. “Foi quando eu percebi que tava criando toda aquela realidade. É tanta pressão que chega uma hora que explode. Foi quando eu comecei a meditar e a encontrar o caminho fora desse processo destrutivo que eu estava. A meditação foi fundamental, a respiração e a yoga, para que eu voltasse a ser a capitã do meu barco. Eu conversei com meus pais e falei que ia para casa”, contou.

Maravilhosa, né? Para ver a surpresa e a participação completa da diva no “Caldeirão”, é só clicar aqui.