Repórter do SBT desmaia ao vivo durante entrevista com governador da Bahia e preocupa apresentadores: “Foi um grande susto”; Assista

Que susto! A repórter Tainá Reis preocupou os apresentadores do programa “Que Venha o Povo”, da TV Aratu, ao desmaiar durante uma entrevista ao vivo com o governador da Bahia, Rui Costa, nesta quarta-feira (15). A jornalista da afiliada do SBT estava cobrindo a inauguração do Hospital Clériston Andrade 2, em Feira de Santana, quando passou mal.

No vídeo, que foi divulgado posteriormente pela própria Tainá nas redes sociais, ela avisa o político que o apresentador Pablo Reis gostaria de fazer uma pergunta direto do estúdio. Enquanto o jornalista está falando, no entanto, é possível ouvir um barulho por trás das câmeras e o governador olhando assustado para o chão.

A cena preocupou todos ao redor (Foto: Reprodução/TV Aratu)

“Teve algum problema aí, Tainá?”, interrompe Pablo ao perceber a movimentação estranha das câmeras e o olhar assustado das pessoas flagradas ao redor. “Alguém caiu aí, teve algum problema”, alerta o apresentador Casemiro Neto, em outra tela. Ainda sem saber o que havia acontecido, Reis decidiu puxar o intervalo comercial. “Bom, a gente vai retornar daqui a pouco explicando o que é que houve ali”, avisou.

Alguns minutos mais tarde, o programa voltou ao vivo e Tainá continuou a entrevista já recuperada. Ao finalizar o link, ela pediu desculpas pela preocupação causada e explicou o motivo do desmaio. “A gente segue acompanhando as novidades e eu peço desculpas aí pela questão da transmissão. Eu acabei tendo um choque térmico e desmaiei, por conta da diferença de temperatura, mas já está tudo bem”, garantiu.

“Tudo bem, acontece. O importante, acima de tudo, é que você está bem”, tranquilizou Casemiro. “Foi um grande susto que todos tomamos. Eu confesso a você de casa que eu tomei um susto imenso. Quando eu vi que o microfone caiu, que o governador ficou assustado, e todos os outros também, pensei que tinha acontecido alguma coisa com a Tainá”, admitiu ele, que deu mais detalhes sobre o ocorrido.

“A gente, claro, quis preservar você desse problema, mas como trabalhamos com muita transparência, o que houve foi que Tainá Reis passou mal. Ela teve choque térmico. Ela estava no tempo em Feira de Santana, uma cidade calorosa em todos os aspectos, e de repente entrou no hospital que está sendo inaugurado e hospital, até pra evitar a proliferação de bactérias, ainda mais agora com o vírus, tem que ter uma temperatura bem mais baixa. Segundo eu fui informado, estava 16ºC [lá dentro]. Durante a entrevista, Tainá Reis acabou desmaiando mas, graças a Deus, está bem de saúde com todo o talento e competência que ela tem no trato com a notícia”, encerrou o apresentador.

A jornalista explicou que sofreu um choque térmico (Foto: Reprodução/TV Aratu)

Através das redes sociais, Tainá publicou o vídeo do incidente e desabafou sobre o desmaio. “A vida é mesmo uma caixinha de surpresas. Algumas maravilhosas, outras, nem tanto.. Hoje, sem dúvidas, foi um dos meus maiores desafios pessoais e profissionais. Em meio a uma entrevista ao vivo com o governador do estado, meu corpo simplesmente desligou…”, explicou ela.

A repórter contou que se sentiu extremamente envergonhada com a situação. “Quando acordei, não conseguia acreditar que aquilo estava acontecendo. O constrangimento é grande, assim como o turbilhão de pensamentos que invade a sua mente. A primeira preocupação é em resolver o problema: ‘O que posso fazer pra consertar?’ ; ‘Será que deu tudo certo?’ ; ‘E agora, ainda dá pra contornar?'”, listou ela. “A sensação de ter falhado e fracassado no que você mais é empenhado e ama fazer, quer te alcançar”, desabafou.

Apesar das adversidades, ela viu o lado positivo da experiência. “Esse, com certeza, não foi o meu melhor ao vivo. Mas se nada é em vão e o que não é bênção é lição, quantas coisas eu aprendi com ele… Uma delas foi perceber o quanto sou rodeada de gente do bem, de amor e de luz. E se é na hora da queda que a gente percebe isso, hoje ficou mais do que claro o quanto tenho em quem me apoiar. Sempre”, refletiu.

“Poderia ficar aqui procurando motivos pra me sentir triste ou até envergonhada. Mas se ninguém me fez, nem deixou eu me sentir assim, porque eu faria isso comigo mesma? Quem sete vezes cai, levanta oito. E no meu caso, vou levantar e me superar ao vivo”, garantiu ela, agradecendo todo o apoio que recebeu. Assista:

View this post on Instagram

A vida é mesmo uma caixinha de surpresas. Algumas maravilhosas, outras, nem tanto… Hoje, sem dúvidas, foi um dos meus maiores desafios pessoais e profissionais. Em meio a uma entrevista ao vivo com o governador do estado, meu corpo simplesmente desligou… Quando acordei, não conseguia acreditar que aquilo estava acontecendo. O constrangimento é grande, assim como o turbilhão de pensamentos que invade a sua mente. A primeira preocupação é em resolver o problema: “o que posso fazer pra consertar?” ; “será que deu tudo certo?” ; “e agora, ainda dá pra contornar?” A sensação de ter falhado e fracassado no que você mais é empenhado e ama fazer, quer te alcançar. E então, a mão do amparo te abraça, o afago te encontra e o cuidado te faz levantar. Esse, com certeza, não foi o meu melhor ao vivo. Mas se nada é em vão e o que não é bênção é lição, quantas coisas eu aprendi com ele… Uma delas foi perceber o quanto sou rodeada de gente do bem, de amor e de luz. E se é na hora da queda que a gente percebe isso, hoje ficou mais do que claro o quanto tenho em quem me apoiar. Sempre. Poderia ficar aqui procurando motivos pra me sentir triste ou até envergonhada. Mas se ninguém me fez, nem deixou eu me sentir assim, porque eu faria isso comigo mesma? Quem sete vezes cai, levanta oito. E no meu caso, vou levantar e me superar ao vivo. Obrigada a todos os meus colegas do @programaqvp e da @tvaratu pelo amparo e preocupação; a equipe médica do HGC2, ao governador @ruicostaoficial e o secretário @fabio_vboas pelo cuidado e gentileza, aos meus amigos e família pelo amor e a todos vocês por tudo, sempre! ❤️

A post shared by Tainá Reis (@taireis) on