Reporter Agressao Furacao

Repórter é agredido ao vivo, na TV, em cobertura de furacão nos Estados Unidos: “Momento mais selvagem que tive”; assista!

Absurdo! Nesta semana, o repórter Shaquille Brewster foi agredido enquanto fazia seu trabalho em Gulfport, no Mississippi, Estados Unidos. Um homem simplesmente invadiu a transmissão ao vivo da MSNBC, interrompeu o jornalista e depois partiu para cima dele. Nesta terça (31), a polícia expediu um mandado de prisão para o suspeito.

Shaquille estava à beira de uma praia e noticiava a passagem do furacão Ida pela região, em um dia como qualquer outro. Em questão de segundos, um veículo estacionou bem ao fundo do vídeo, e foi possível ver o homem correndo em direção ao repórter. O sujeito se aproximou enquanto gritava: “Cubra isso com precisão!”.

Continua depois da Publicidade

Brewster, por sua vez, lidou com a situação com toda tranquilidade e virou-se para outra direção. “Acho que temos uma pessoa aleatória andando ao redor. Vou me virar para esse lado porque, vocês sabem, nós lidamos com algumas pessoas de vez em quando”, afirmou o jornalista. Até que, instantes depois, as coisas pioraram. “Craig [Melvin], vou retornar para você, porque agora nós temos uma pessoa aqui que precisa de uma ajudinha”, disse o repórter. Na sequência, foi possível ver o homem partindo para cima do repórter, momento em que a transmissão foi cortada. Que horror! Assista ao vídeo abaixo:

Nesta quarta-feira (1º), Shaquille manifestou-se sobre o caso em suas redes sociais, agradeceu pelo apoio, e deixou claro que não ficará intimidado pelos ataques. “Comovido pelo amor e apoio hoje, depois do que foi definitivamente o momento mais selvagem que tive ao vivo. Nossa equipe brincou com isso depois, mas foi sem dúvida tão assustador para nós quanto para todos vocês assistindo. Embora aquela reportagem tenha sido interrompida, voltamos imediatamente na hora seguinte e continuaremos relatando, como estamos aqui para isso”, escreveu ele no Instagram.

Continua depois da Publicidade

Mas o invasor também não saiu impune… De acordo com a NBC News, nesta terça (30), a polícia de Mississippi expediu um mandado de prisão contra o suspeito de ter agredido o jornalista. Benjamin Eugene Dagley, que é do estado de Ohio, será acusado pelos crimes de agressão, perturbação da paz, e uma acusação por violar um toque de recolher emergencial – que estava em vigor devido à chegada do furacão naquela região.

Reporter Agressao Furcao5
Um mandado de prisão foi expedido contra o homem que agrediu o repórter – e que já tinha a ficha suja na polícia. (Foto: Reprodução/MSNBC)

Segundo um porta-voz da corporação, ainda há a suspeita de que o homem teria violado sua condicional do condado de Cuyahoga, Ohio, caso tenha viajado sem autorização. Isso porque o invasor já se declarou culpado em outros três crimes em 2017, incluindo vandalismo. Até o final desta terça (30), ele ainda não havia sido detido pela polícia, nem foi contatado pela reportagem.