“A Maldição da Mansão Bly”: Em trailer da sequência de “A Maldição da Residência Hill”, uma babá passa por situações aterrorizantes ao cuidar de dois órfãos; Assista

Se um trailer já começa com uma criancinha cantando uma música sinistra, você sabe o que vem pela frente… A Netflix liberou, nesta segunda-feira (31), o primeiro teaser trailer de “A Maldição da Mansão Bly”, sequência da série de terror “A Maldição da Residência Hill”, sucesso de 2018.

Ambientado na Inglaterra dos anos 1980, o novo capítulo da antologia vai acompanhar uma jovem babá norte-americana que é contratada pelo magnata Henry Wingrave para cuidar de seus sobrinhos órfãos após a morte dos pais deles. A nova funcionária passará, então, a conviver com o chef da propriedade, Owen, a zeladora, Jamie, e a governanta, Sra. Grose.

“Mas nada é o que parece na mansão e os séculos de segredos obscuros de amor e perda estão esperando para serem desenterrados nesse romance gótico eletrizante. Na Mansão Bly, morto não significa que se foi”, descreve a sinopse oficial da produção, disponibilizada pela Netflix.

Na prévia, podemos ver os desafios que esperam a babá no local, incluindo um brinquedo que ganha vida e se mexe no porão, um ser misterioso saindo da água atrás dela, e a jovem aparentemente presa em um armário enquanto grita, em pânico. A cereja no topo fica por conta do final, quando uma das órfãs parece controlar os espíritos da casa de bonecas. Eu, hein!

Confira:

“A Maldição da Mansão Bly” segue com os mesmos produtores e criadores de sua antecessora. Enquanto a “Residência Hill” reimaginava o romance de terror de mesmo nome de Shirley Jackson, de 1959, este acompanha “A Volta do Parafuso”, história criada por Henry James, em 1898.

Em 2018, o diretor e showrunner Mike Flanagan (“Doutor Sono”) explicou por que decidiu criar uma antologia, ao invés de continuar a história original. “Até onde eu sei, a história da família Crain está contada. Se encerrou. Eu amo a ideia de uma antologia também. Mas para mim, eu acho que os Crain passaram por coisas suficientes e nós os deixamos exatamente onde queremos nos lembrar deles”, pontuou à Entertainment Weekly.

Apesar da mudança, o produtor Trevor Macy adiantou para a Vanity Fair, no começo deste mês, que podemos esperar muitas semelhanças entre as duas histórias. “O processo é o mesmo, pensando que é um remix literário. Você quer atualizar a história, você quer achar o chão fértil para elevar o personagem, mas obviamente nós tomamos certas liberdades para atualizá-lo em um contexto mais moderno”, explicou ele.

Além disso, a série ainda manteve alguns de seus atores principais, como Victoria Pedretti (“You”) e Henry Thomas (“Stargirl”), mas na pele de outros personagens. Ainda estão no elenco Oliver Jackson-Cohen (“O Homem Invisível”), Kate Siegel (“Ouija: Origem do Mal”), T’Nia Miller (“Sex Education”), Rahul Kohli (“Supergirl) e os novatos Benjamin Evan Ainsworth, Amelie Smith e Amelia Eve.

“A Maldição da Mansão Bly” chega à Netflix no dia 9 de outubro.