Ben McKenzie reflete sobre saída de Mischa Barton, a Marissa Cooper, de “The OC”: “Muito estranho”

Como fãs de dramas teen, podemos concordar que uma série marcante do gênero é “The O.C.”, né? Foi lá em 2003 que começamos a acompanhar a vida de um grupo de adolescentes enfrentando dilemas típicos da idade — porém com muito dinheiro e glamour. A produção sobre os ricos de Orange County abriu caminho para atrações como “Gossip Girl” e “Riverdale”. 

Ben McKenzie, que interpretou o protagonista Ryan Atwood, reconheceu à PeopleTV a sorte que foi conquistar este papel tão cedo em sua carreira: “A maioria dos atores que tem o luxo de ganhar um show de sucesso já fez muitos e muitos anos de trabalho antes disso”. Ryan foi seu primeiro personagem na TV que durou mais de um episódio, e depois disso, sua carreira só alavancou.

Então, depois de todo esse tempo (e sucesso), você também já deve ter se perguntado que final foi aquele da Marissa Cooper, não? Se podemos chamar isso de spoiler atrasado — até porque a série terminou em 2007 —, saiba que uma das personagens principais foi morta em um acidente de carro, e junto com ela, grande parte da audiência também se foi, até porque cancelaram o seriado na temporada seguinte.

(Foto: Divulgação)

Quem também considerou tudo isso meio estranho foi o próprio Ben, que foi o par romântico da Marissa. “Era… muito estranho ter alguém que estava [na série] desde o começo sair”, comentou. O ator disse que a cena do acidente de carro “foi dramática em todos os aspectos de OC “, e acrescentou que eles “deram a ela uma saída adequada, espero”.

Continua depois da Publicidade

Por mais que a personagem de Mischa Barton não fosse exatamente a favorita de todos, os fãs de “The O.C.” ficaram chocados com sua morte, e uns não superaram até hoje! Inclusive, até hoje os fãs lamentam o acontecimento nas redes sociais:

Continua depois da Publicidade

Ainda que seja difícil para o público, a saída de Mischa foi o que a atriz queria. “Acho que cheguei ao ponto em que eu estava tipo ‘não tenho mais certeza se estou gostando disso”, admitiu em entrevista à ABC News, em 2016. “Eu apenas senti que estava em uma máquina e não conseguia realmente sair. Então, era hora de voltar atrás. Voltei para a Inglaterra e foi apenas um ano de verdadeira auto-exploração”, disse ela.

Mesmo com algumas tramas que não foram exatamente nossas favoritas, vamos sempre lembrar com muito carinho e saudosismo de “The O.C.”. “California, here we coooome”….