Casamento às Cegas: Criador revela quais casais deixaram a equipe do programa mais chocada nos bastidores: “Foi tipo, quê?”

“Casamento às Cegas” deixou todo o público ansioso na frente da TV, louco para descobrir quais casais chegariam ao altar e selariam o compromisso — e quais chegariam lá, mas diriam o tão temido “não”! Bom, parece que não foi só os telespectadores que ficaram cheios de dúvidas… a própria produção do programa não fazia ideia o que aconteceria!

Em entrevista ao E! News, o criador da série, Chris Coelen, admitiu: “Quando eu entrei nisso, eu estava tipo: ‘Será que alguém vai ficar noivo? Será que alguém vai encontrar amor verdadeiro?”. O experimento, feito de casais tendo conversas sem nunca se ver e partindo direto para o noivado, é bastante novo. No entanto, dois pares realmente se apaixonaram no reality: Cameron Hamilton e Lauren Speed, e Mike Barnett e Amber Pike.

Três casais, é claro, não prosseguiram com o casamento até o final: Jessica Batten deixou Mark Cuevas no altar — para a surpresa de ninguém —, Kelly Chase decidiu que não estava completamente apaixonada por Kenny Barnes, e Damian Powers chocou todo mundo ao dizer “não” para Giannina Gibelli, fazendo-a deixar o altar, ir para o meio do mato, tropeçar, e depois voltar para tirar satisfações.

Acabar com o parceiro na frente de todos os amigos e parentes é um modo bastante dramático — para não dizer traumático —, mas Coelen disse que os casais estavam autorizados a agirem como bem entendessem. “Eles certamente podiam escolher o que quer que eles quisessem fazer”, disse. E acrescentou: “Estando lá no dia do casamento, eu pessoalmente, conhecendo essas pessoas e suas histórias, não fazia ideia do que ia acontecer”. 

Com Damian e Gigi, toda a produção foi pega de surpresa. “Foi tipo, ‘quê?’. Literalmente, não fazia ideia. As pessoas estavam apenas chocadas na sala de controle. Tipo, qualquer coisa podia acontecer para qualquer um deles”, admitiu.

 

A equipe também não tinha certeza se Barnett iria aparecer na cerimômia: “Foi louco o fato do Barnett… ele estava mandando mensagens para Amber no dia do casamento, e eu estava tipo: ‘O que está acontecendo?’. Nós estávamos torcendo, torcendo, torcendo para alguém seguir em frente com [o casamento]”. Imagina se o reality terminasse sem um casamentinho? Kkkk

Apesar dos espectadores acharem que Kenny e Kelly combinavam, assim como toda a família do ex-casal e seu grupo de amigos, Kelly decidiu no último momento que faltava algo na relação, e deixou o parceiro no altar. “Kenny e Kelly foram uma grande surpresa para todo mundo”, disse Coelen.

Cameron e Lauren foram o primeiro casal a ficar junto na série. (Foto: Reprodução/Netflix)

Em uma análise mais abrangente, o criador do reality afirmou que a mistura de finais felizes com separações é o que faz o reality funcionar. “Eu amo que seja triste, eu amo que tenha riscos, porque quando você tem uma história de sucesso como a de Cam e Lauren, é real. É real e eles estão apaixonados, e esse amor vai uni-los pelo resto da vida”, disse. “É incrível fazer parte disso. São riscos muito grandes, é o maior risco em uma relação que você pode tomar, então você aumenta os riscos para esse nível, e você terá uma grande onda de sucesso, mas você também vai ter a queda de não funcionar, e as pessoas ficarem devastadas. É tudo real”, concluiu.