Capa Chucky Mtwwjxw

“Chucky”: Boneco Assassino aterroriza jovens com facão no novo e sinistro teaser da série; vem assistir

Fãs de terror, corram aqui, porque nesta sexta-feira (16), o canal SyFy divulgou mais um teaser bizarro da série do Brinquedo Assassino, intitulada “Chucky”! A produção ganhou também uma data de estreia nos EUA: dia 12 de outubro, bem pertinho do Halloween! Coincidência?! Provavelmente não.

O vídeo tem apenas 20 segundinhos, que já foram suficientes para deixar os fieis admiradores da saga animados com o retorno do personagem! Nele, vemos o boneco sinistrão sendo adquirido por um garoto durante uma venda de garagem. Acontece que Chucky, com toda sua malvadez, acaba furtando outro item a ser comercializado: um facão de açougueiro! Deus é mais! Na sequência, o ruivinho aparece empunhando o objeto cortante, aos risos. Macabro!

Assustador, né?! Outra prévia da produção já havia sido divulgada no ano passado. O clipe tem início em uma loja de brinquedos no meio da noite, e a imagem vai percorrendo as prateleiras meio vazias, até que revela Chucky em pé no final do corredor, mal iluminado pelas luzes fracas da rua, enquanto segura uma faca. Credo!

O teaser se encerra dizendo que o boneco é “um mal grande demais para ser transmitido em apenas um canal“, e aí vem o anúncio de que a série será exibida no SyFy e no USA Network, simultaneamente. Ambas emissoras fazem parte do grupo norte-americano, ViacomCBS.

Anunciada originalmente em 2019, a série foi desenvolvida pelo criador original do Brinquedo Assassino, Don Mancini, e funciona como continuação do longa “O Culto de Chucky” (2017), ignorando completamente o reboot divulgado em 2019. Além dele, David Kirschner (“Abracadabra”, Família Addams”), Nick Antosca (“Hannibal”) e Harley Peyton (“Amizade Colorida”) também assinam a produção, e Brad Dourif, dublador original do personagem, volta a dar voz ao ruivinho do mal.

“Vi uma oportunidade de reinventar a franquia outra vez. Uma das coisas que a manteve viva e prosperando por tanto tempo, é que a reinventamos de maneiras diferentes, tornando-a uma comédia, e depois voltando ao terror. Mas o simples poder de contar histórias entre oito e dez episódios… nos permitirá mergulhar em personagens e relacionamentos de uma maneira que nunca conseguimos em apenas um filme de 90 minutos. Isso é realmente emocionante para mim”, declarou Mancini, em entrevista ao podcast Post Mortem.